Busca avançada
Ano de início
Entree

Venômica da serpente Bothrops moojeni: aplicação de toxinas de interesse biotecnológico obtidas por técnicas ômicas

Processo: 15/26609-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Suely Vilela
Beneficiário:Fernanda Gobbi Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/23236-4 - Toxinas animais nativas e recombinantes: análise funcional, estrutural e molecular, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/20641-9 - Integração da abordagens ômicas para obter o perfil da peçonha da serpente Bothrops moojeni: revelando novas toxinas e divergências ontogênicas, BE.EP.PD
Assunto(s):Transcriptoma   Toxicologia

Resumo

O interesse pela elucidação das características químicas e funcionais de toxinas obtidas a partir de peçonhas animais não é devido somente à sua relevância no envenenamento, mas também ao seu potencial terapêutico e aplicação biotecnológica. Com o advento das técnicas "ômicas", como o transcriptômica e proteômica, foi possível não só a caracterização dessas toxinas, mas também a identificação de novos componentes de interesse biotecnológico. Entretanto, apesar da diversidade de ações fisiológicas e do potencial farmacológico apresentado pelas toxinas animais, há uma discrepância entre o número de toxinas caracterizadas e a disponibilidade de proteínas que vêm a se tornar efetivamente um medicamento. Isso se deve principalmente às limitações na obtenção de toxinas em quantidades suficientes para uma caracterização estrutural e funcional detalhada das mesmas. Desta forma, a expressão heteróloga de proteínas consiste em uma alternativa para a obtenção de moléculas para o estudo das suas características funcionais e estruturais. Diante da grande aplicabilidade das técnicas ômicas e da expressão heteróloga, o presente trabalho tem como objetivo a realização do transcriptoma da serpente Bothrops moojeni e a expressão heteróloga em sistema de Pichia pastoris de toxinas com alto potencial biotecnológico e terapêutico, dentre elas as serinoproteases. Para tanto, serão empregadas técnicas de sequenciamento de nova geração para obtenção do transcriptoma da glândula da peçonha da serpente B. moojeni. Os dados gerados serão, então, avaliados para o levantamento geral da composição de transcritos da glândula da peçonha. Após a avaliação aprofundada dos componentes da peçonha e da glândula, as toxinas que apresentarem maior impacto científico, como proteases, dentre elas serinoproteases, serão selecionadas para expressão em sistema heterólogo de P. pastoris utilizando a tecnologia do DNA recombinante. Assim, esse projeto visa não apenas a compreensão da glândula de peçonha e de seus componentes por completo, mas também a aplicação dos produtos obtidos pelas técnicas ômicas por meio da sua expressão em sistema de heterólogo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMORIM, FERNANDA G.; MENALDO, DANILO L.; CARONE, SANTE E. I.; SILVA, THIAGO A.; SARTIM, MARCO A.; DE PAUW, EDWIN; QUINTON, LOIC; SAMPAIO, SUELY V. New Insights on Moojase, a Thrombin-Like Serine Protease from Bothrops moojeni Snake Venom. TOXINS, v. 10, n. 12 DEC 2018. Citações Web of Science: 0.
AMORIM, FERNANDA GOBBI; COSTA, TASSIA RAFAELA; BAIWIR, DOMINIQUE; DE PAUW, EDWIN; QUINTON, LOIC; SAMPAIO, SUELY VILELA. Proteopeptidomic, Functional and Immunoreactivity Characterization of Bothrops moojeni Snake Venom: Influence of Snake Gender on Venom Composition. TOXINS, v. 10, n. 5 MAY 2018. Citações Web of Science: 4.
AMORIM, FERNANDA GOBBI; MORANDI-FILHO, ROMUALDO; FUJIMURA, PATRICIA TIEME; UEIRA-VIEIRA, CARLOS; SAMPAIO, SUELY VILELA. New findings from the first transcriptome of the Bothrops moojeni snake venom gland. Toxicon, v. 140, p. 105-117, DEC 15 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.