Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de compostos bioativos em coprodutos da cadeia produtiva de óleo de pinhão manso utilizando etanol como solvente

Processo: 15/15069-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marisa Aparecida Bismara Regitano d'Arce
Beneficiário:Mayara Silva Ponte
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Estabilidade oxidativa   Compostos fenólicos   Etanol   Pinhão manso

Resumo

Este projeto visa quantificar os compostos fenólicos e determinar a atividade antioxidante in vitro dos coprodutos (farelo e miscela etanólica) provenientes da extração de óleo de pinhão manso utilizando etanol como solvente. O estudo está vinculado a um projeto de pós-doutorado com bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPESP), processo n° 2013/23469-4 em que busca a valorização dos coprodutos da cadeia produtiva de biodiesel proveniente do óleo de pinhão manso utilizando o etanol como solvente e aceptor de acila. A substituição do hexano e metanol (fontes não renováveis) pelo etanol (fonte renovável) foi realizada na produção do biodiesel da soja demonstrando vantagens ambientais (menor geração de resíduo) e econômicas (viabilidade energética) mediante o aproveitamento dos coprodutos. A extração de óleo de soja utilizando etanol como solvente gera três principais produtos, dentre eles uma miscela rica em etanol (miscela pobre), que é reutilizada em posteriores extrações. A miscela pobre trata-se de um extrato etanólico de cor amarelo intenso, sugerindo a remoção de pigmentos carotenoides e a possível retenção de quantidades significativas de compostos antioxidantes. Assim como a soja, a miscela pobre proveniente do pinhão manso pode conter compostos bioativos que podem proporcionar benefícios à saúde humana e contribuir para a diminuição do impacto ambiental que este subproduto pode causar.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.