Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento, produtividade e qualidade de tubérculos da cultura da batata (Solanum tuberosum L.) em função da aplicação de reguladores vegetais

Processo: 15/22885-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Adalton Mazetti Fernandes
Beneficiário:Jesion Geibel da Silva Nunes
Instituição-sede: Centro de Raízes e Amidos Tropicais (CERAT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Solanum tuberosum   Inibidores de crescimento   Manejo e tratos culturais

Resumo

A produtividade da batata depende da capacidade da planta sintetizar carboidratos nas folhas e mobilizá-los para os tubérculos em crescimento. Assim, o crescimento foliar excessivo nos estágios tardios do ciclo da cultura pode afetar negativamente a produtividade de tubérculos. Em condições favoráveis ao crescimento da parte aérea das plantas, o uso de retardantes ou reguladores do crescimento vegetal pode ser uma alternativa para melhorar a produtividade da cultura, através da redução no porte das plantas e do aumento na alocação de matéria seca (MS) para os tubérculos em crescimento. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é avaliar o efeito dos reguladores de crescimento vegetal cloreto de mepiquat, cloreto de chlormequat, placobutrazol e proexadiona cálcica no crescimento e produtividade de tubérculos das cultivares de batata Agata e Mondial. Serão conduzidos dois experimentos independentes, um com a cultivar Agata e outro com a cultivar Mondial. Ambos os experimentos serão instalados no delineamento experimental de blocos ao acaso no esquema fatorial 4x5+1, com quatro repetições. Os tratamentos serão representados por quatro reguladores vegetais (cloreto de mepiquat, cloreto de chlormequat, paclobutrazol e proexadiona cálcica), aplicados nas doses de 25, 50, 100, 200 e 400 g ha-1 do i.a., além do tratamento controle (sem aplicação de regulador vegetal). As parcelas experimentais serão compostas por cinco fileiras de plantas de cinco metros de comprimento. Serão avaliadas as seguintes variáveis na fase de enchimento dos tubérculos (70 DAP): a) número de hastes por planta e comprimento da maior haste; b) número de folhas por planta; c) área foliar e índice de área foliar; d) número de tubérculos por planta; e) acúmulo de MS na parte aérea, tubérculos e na planta inteira; e e) partição de MS para os tubérculos. Antes da dessecação da cultura será determinado o acúmulo de MS na parte aérea, tubérculos e na planta inteira. Na colheita final serão avaliados: a) número de tubérculos por planta, incidência de tubérculos deformados e peso médio dos tubérculos; b) produtividade e classificação dos tubérculos produzidos; c) índice de formato dos tubérculos; d) porcentagem de MS dos tubérculos; e) período de dormência dos tubérculos e incidência de tubérculos brotados; e f) firmeza da polpa e esverdeamento pós-colheita dos tubérculos. Os dados obtidos em cada experimento serão submetidos à ANOVA, separadamente. As médias referentes aos reguladores de crescimento serão comparadas pelo teste t (DMS) (Pd0,05), enquanto os efeitos das doses dos reguladores serão avaliados por análise de regressão (Pd0,05).

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NUNES, Jesion Geibel da Silva. Crescimento, produtividade e qualidade de tubérculos de batata (Solanum tuberosum L.) em função da aplicação de reguladores vegetais. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agronômicas (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.