Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade antifúngica e citotoxicidade de microcristais de alfa vanadato de prata (a-AgVO3) sintetizados em diferentes temperaturas

Processo: 15/13834-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Vergani
Beneficiário:Bruna Natalia Alves da Silva Pimentel
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07296-2 - CDMF - Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, AP.CEPID
Assunto(s):Implantes dentários   Queratinócitos   Testes de toxicidade   Antifúngicos   Candida albicans   Próteses e implantes   Titânio   Biofilmes

Resumo

Nos últimos anos, os microcristais de prata têm se tornado foco de estudos. Uma das propriedades evidenciadas destes materiais é a sua atividade antimicrobiana contra diferentes microrganismos, devido a presença da prata na sua composição. Neste estudo, será investigada a atividade antifúngica de microcristais de alfa vanadato de prata (±-AgVO3) contra Candida albicans (ATCC 90028) e sua citotoxicidade sobre células do tipo queratinócitos orais normais espontaneamente imortalizados (NOK-si). Os microcristias de ±-AgVO3 serão sintetizados pelo método da co-precipitação sob três diferentes temperaturas (10, 20 e 30ºC) e caracterizados através de difração de raios-x, microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo e espectroscopia Raman. A atividade antifúngica será avaliada a partir da microdiluição seriada dos microcristais (de acordo com o Clinical & Laboratorial Standards Institute - CLSI), onde serão determinadas as concentrações inibitória (CIM) e fungicida mínimas (CFM). Imagens de microscopia de fluorescência com os microcristais nas concentrações inibitória e fungicida mínimas serão obtidas a fim de confirmar os achados microbiológicos. A viabilidade celular de células NOK-si será avaliada através do ensaio Alamar Blue, e imagens de microscopia eletrônica de varredura (MEV) de todos os grupos avaliados serão realizadas. Nos ensaios celulares serão utilizadas apenas quatro concentrações dos microcristais (CIM, CFM, CIM diluída 10 vezes e concentrada 10 vezes). Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística para posterior interpretação e discussão.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PIMENTEL, Bruna Natalia Alves da Silva. Avaliação da atividade antifúngica e citotoxicidade de microcristais de alfa vanadato de prata (α-AgVO3) sintetizados em diferentes temperaturas. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.