Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse oxidativo e inflamação renal em ratos submetidos à isquemia e reperfusão e tratamento antioxidante

Processo: 15/25616-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Carla Patrícia Carlos
Beneficiário:Renata Correia Garcias
Instituição-sede: Faculdade Faceres. Instituto Superior de Educação Ceres (UNICERES). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia   Isquemia e reperfusão   Insuficiência renal   Inflamação   Estresse oxidativo   Rim   Antioxidantes   Agentes terapêuticos   Histopatologia   Ratos Wistar

Resumo

A isquemia e reperfusão (IR) é uma condição que ocorre durante os procedimentos envolvidos no transplante de órgãos, que consiste em uma das causas da insuficiência renal aguda do enxerto. Apesar dos avanços na área, a mortalidade decorrente da insuficiência renal aguda é alta. O processo isquêmico, por si só, é bastante lesivo, mas a reperfusão pode levar a uma série de complicações que podem aumentar as lesões teciduais e, associada às complicações sistêmicas, colocar em risco a vida do paciente. Objetivo: analisar in vivo a ação anti-inflamatória e antioxidante da castanha-do-brasil em ratos com lesão renal causada pelo processo de isquemia e reperfusão. Metodologia: Ratos Wistar machos, pesando 200 g, serão distribuídos em quatro grupos (06 ratos/grupo), sacrificados após 48 horas do procedimento de IR, conforme segue: SHAM (cirurgia de IR sem clampeamento arterial); SHAM + CP (150 mg de castanha-do-brasil por 7 dias antes da cirurgia); IR (cirurgia de IR com clampeamento da artéria renal por 30 min.); IR + CP (150 mg de castanha-do-brasil por 7 dias antes da cirurgia IR). Os seguintes parâmetros serão avaliados: lesão e inflamação renal por análise histopatológica da necrose tubular aguda e do influxo de neutrófilos e macrófagos e expressão de COX-2 (cicloxigenase-2); e o estresse oxidativo por expressão renal de iNOS e nitrotirosina. Com essas considerações, propomos que esse estudo, não somente permitirá entender os mecanismos envolvidos na gênese da lesão por IR, como também alvos alternativos de potenciais agentes terapêuticos no controle da lesão.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NATASSIA ALBERICI ANSELMO; LETICIA COLOMBO PASKAKULIS; RENATA CORREIA GARCIAS; FERNANDA FORTUCI RESENDE BOTELHO; GIOVANA QUEDA TOLEDO; MARIA FERNANDA RIBEIRO CURY; NATIELE ZANARDO CARVALHO; GLÓRIA ELISA FLORIDO MENDES; TATIANE IEMBO; THAÍS SANTANA GASTARDELO BIZOTTO; PATRICIA MALUF CURY; AGNALDO BRUNO CHIES; CARLA PATRÍCIA CARLOS. Prior intake of Brazil nuts attenuates renal injury induced by ischemia and reperfusion. J. Bras. Nefrol., v. 40, n. 1, p. -, Mar. 2018.
MARIA FERNANDA RIBEIRO CURY; ESTÉFANY QUEIROZ OLIVARES; RENATA CORREIA GARCIAS; GIOVANA QUEDA TOLEDO; NATASSIA ALBERICI ANSELMO; LETICIA COLOMBO PASKAKULIS; FERNANDA FORTUCI RESENDE BOTELHO; NATIELE ZANARDO CARVALHO; ANALICE ANDREOLI DA SILVA; CAMILA AGREN; CARLA PATRÍCIA CARLOS. Inflammation and kidney injury attenuated by prior intake of Brazil nuts in the process of ischemia and reperfusion. J. Bras. Nefrol., v. 40, n. 4, p. 312-318, Dez. 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.