Busca avançada
Ano de início
Entree

Variações no efeito pacote do espectro de absorção de luz do fitoplâncton e no coeficiente de retro-espalhamento ao redor da Península Antártica

Processo: 16/01601-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia
Pesquisador responsável:Aurea Maria Ciotti
Beneficiário:Amabile Ferreira
Supervisor no Exterior: Bricaud Annick
Instituição-sede: Centro de Biologia Marinha (CEBIMAR). Universidade de São Paulo (USP). São Sebastião , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université Pierre et Marie Curie (Paris 6), França  
Vinculado à bolsa:13/16957-2 - Contribuição do retro-espalhamento, tamanho celular dominante e composição de pigmentos do fitoplâncton sobre a determinação da reflectância da água do mar, BP.PD
Assunto(s):Antártica   Fitoplâncton   Pigmentos

Resumo

Esta proposta visa a realização de estágio de pesquisa na instituição de excelência do Laboratoire d'Oceanografia de Villefranche-sur-Mer (LOV), França, a partir de 1 de julho a 28 de fevereiro. Essa proposta está vinculada ao processo 2013/16957-2, cujo objetivo é compreender como as propriedades ópticas (absorção e espalhamento da luz) das comunidades de fitoplâncton da região Antártica diferem de outras regiões do oceano global e como essas mudanças alteram a reflectância ou cor do oceano. O objetivo da minha visita ao LOV é a discussão dos resultados que tenho obtido durante minha pesquisa com pesquisadores com particular experiência em bio-óptica do Oceano Austral e sob supervisão da Dr. Annick Bricaud, umas das pesquisadoras com maior liderança internacional na área de Bio-óptica marinha. As principais questões a serem investigadas são: 1) Qual é a influência dos pigmentos fotossintéticos e fotoprotetores sobre o efeito do pacote dos espectros de absorção da luz pelo fitoplâncton na Antártica? 2) Quais são as informações que o coeficiente de retro-espalhamento de luz pelas partículas nas águas da Antártica contêm? Um extenso conjunto de dados foi coletado durante dois cruzeiros no verão austral de 2013 (97 estações oceanográficas) e 2014 (73) em torno da ponta da Península Antártica, incluindo 1) perfis físicos (salinidade e temperatura) e ópticos (atenuação da luz, retro-espalhamento, irradiância) e 2) nutrientes, pigmentos do fitoplâncton e os coeficientes de absorção da luz de fitoplâncton e detritos em seis profundidades discretas. Espera-se que a forma de apresentação dos resultados e o conteúdo dos dois artigos científicos que têm sido preparados sejam significativamente melhorados de forma a serem publicados em jornais de maior impacto em jornais conceituados: 1) Variability in the package effect of phytoplankton around the Antarctic Peninsula: influence of the photosynthetic and photoprotective pigments and 2) Variability in the bio-optical relationships around the Antarctic Peninsula: new insights of the particulate backscattering coefficient.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, AMABILE; CIOTTI, AUREA M.; GARCIA, CARLOS A. E. Bio-optical characterization of the northern Antarctic Peninsula waters: Absorption budget and insights on particulate backscattering. DEEP-SEA RESEARCH PART II-TOPICAL STUDIES IN OCEANOGRAPHY, v. 149, n. SI, p. 138-149, MAR 2018. Citações Web of Science: 2.
FERREIRA, AMABILE; CIOTTI, AUREA M.; MENDES, CARLOS RAFAEL B.; UITZ, JULIA; BRICAUD, ANNICK. Phytoplankton light absorption and the package effect in relation to photosynthetic and photoprotective pigments in the northern tip of Antarctic Peninsula. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-OCEANS, v. 122, n. 9, p. 7344-7363, SEP 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.