Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica da erosão laminar em uma microbacia coberta por cana-de-açúcar

Processo: 16/02069-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 29 de abril de 2016
Vigência (Término): 09 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Martinelli
Beneficiário:Taciana Figueiredo Gomes
Supervisor no Exterior: Gerard Leopold Govers
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Leuven (KU Leuven), Bélgica  
Vinculado à bolsa:13/15281-5 - Dinâmica da erosão laminar em uma microbacia coberta por cana de açúcar, BP.DR
Assunto(s):Isótopos   Isótopos estáveis   Erosão do solo   Degradação do solo   Impactos ambientais   Cana-de-açúcar

Resumo

O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, terceira maior cultura cultivada no país, cobrindo uma área de cerca de 10 milhões de hectares. No entanto, o nosso conhecimento sobre os impactos da produção da cana-de-açúcar no Brasil ainda é limitada, especialmente para a água e solos, sendo um obstáculo para avaliação da sustentabilidade da sua produção, sendo a erosão do solo e suas implicações, um problema ambiental ainda negligenciado em canaviais. Assim, este projeto tem como objetivo investigar a dinâmica de erosão em uma microbacia cultivada com cana-de-açúcar na região sudeste do Brasil. Para atingir este objetivo, uma microbacia de 6 hectares cultivada com cana-de-açúcar e com presença de floresta ripária em conformidade com a legislação foi escolhida. O levantamento planialtimétrico foi realizado em toda a área. Um pluviômetro foi instalado em uma área aberta próximo ao cultivo, a fim de medir a quantidade e a intensidade das chuvas. A geração de escoamento superficial e desagregação do solo foram estimadas por parcelas instaladas nas áreas cultivadas e na floresta ripária. Batimetria foi realizada no canal do riacho para estimar a massa de solo sedimentada no leito. As fontes de matéria orgânica foram investigadas através das composições isotópicas do carbono (´13C) e do nitrogênio (´ 15N). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES, TACIANA F.; VAN DE BROEK, MARIJN; GOVERS, GERARD; SILVA, ROBSON W. C.; MORAES, JORGE M.; CAMARGO, PLINIO B.; MAZZI, EDMAR A.; MARTINELLI, LUIZ A. Runoff, soil loss, and sources of particulate organic carbon delivered to streams by sugarcane and riparian areas: An isotopic approach. CATENA, v. 181, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.