Busca avançada
Ano de início
Entree

História da energia elétrica no estado de São Paulo (1890-1960): patrimônio industrial, paisagem e meio-ambiente: levantamento e sistematização de acervo cartográfico de pequenas centrais hidrelétricas do estado de São Paulo - Projeto Eletromemória II

Processo: 15/08973-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Gildo Magalhães dos Santos Filho
Beneficiário:Olivia Fonseca Campos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/51424-2 - História da energia elétrica no Estado de São Paulo (1890-1960): patrimônio industrial, paisagem e meio ambiente, AP.TEM
Assunto(s):Uso do solo   Energia   Bacia hidrográfica   Paisagem   Mapeamento geográfico

Resumo

O Projeto Eletromemória em sua segunda fase apresenta como inovações o estudo das primeiras centrais geradoras de energia do estado de São Paulo, compreendendo um período que vai de 1890 a 1960, no qual o estado se preparava para iniciar o processo de industrialização. Em sua primeira fase, o Projeto Eletromemória 1 organizou um banco de dados sobre os patrimônios arquivístico, industrial, de cultura material e sobre o potencial museológico das grandes e médias usinas implantadas no estado de São Paulo após 1960. Em sua segunda fase, o projeto amplia seu escopo, estudando um total de 59 empreendimentos, divididos entre centrais geradoras de energia, pequenas centrais hidrelétricas e usinas hidrelétricas, espalhadas por 16 bacias hidrográficas. Como novidades introduzidas na segunda fase do projeto inclui-se também a inserção dos eixos temáticos de Patrimônio Industrial/Museologia e Paisagem/Meio Ambiente. Neste projeto de Iniciação Cientifica a bolsista participará dos levantamentos de dados para identificação das sensibilidades socioambientais das diferentes bacias hidrográficas que compõem o universo de análise do Projeto Eletromemória II, da produção dos mapas das fragilidades potenciais da paisagem, além de auxiliar a equipe na tarefa de analisar as transformações antropogênicas na paisagem, identificando mudanças socioespaciais no modo de viver e ocupar a terra, como também na análise das principais mudanças nos atributos do meio ambiente, tais como cobertura vegetal, regimes dos rios, morfologia (relevo). (AU)