Busca avançada
Ano de início
Entree

Células estromais mesenquimais multipotentes e células epidermais da crista neural: estudo comparativo in vitro como potencial terapêutico de doença inflamatória do sistema nervoso central

Processo: 16/01560-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 21 de julho de 2016
Vigência (Término): 20 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Rogério Martins Amorim
Beneficiário:Rogério Martins Amorim
Anfitrião: Dori L. Borjesson
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of California, Davis (UC Davis), Estados Unidos  
Assunto(s):Neurologia   Imunopatologia   Imunomodulação   Sistema nervoso central   Citocinas

Resumo

Ao longo da última década a terapia celular está em evidência na medicina regenerativa e translacional para o tratamento de inúmeras enfermidades. No entanto, as enfermidades do sistema nervoso central (SNC) continuam sendo um desafio neste contexto terapêutico. A terapia celular para as lesões neurológicas tem como objetivos substituir o tecido lesado pelas células tronco transplantadas, estimular as células tronco residentes e melhorar o microambiente por meio de efeitos anti-inflamatórios e imunomoduladores. Células multipotentes estromais mesenquimais (MSCs) são o tipo mais comum de células tronco pesquisadas, porém as céulas epidermais da crista neural (EPI-NCSC) foram recentemente descritas em cães e vêem sendo apontadas como novas candidatas para a terapia de doenças do SNC nesta espécie. Inúmeros estudos demonstraram efeitos positivos da terapia com MSCs em diversos tipos de lesão, incluindo as cerebrais e da medula espinhal, tanto em modelos animais como em seres humanos. Os cães são modelos animais interessantes para doenças do SNC, por apresentarem doenças neurológicas de ocoorência natural, semelhantes as dos seres humanos, como a doença inflamatória do SNC / esclerose múltipla. O objetivo deste projeto é avaliar in vitro a expressão de citocinas anti-inflamatórias e o potencial de diferenciação neural das MSCs do tecido adiposo e das EPI-NCSC de cães para futuro tratamento da doença inflamatória do SNC. Este estudo será realizado no Veterinary Institute for Regenerative Cures - UC Davis, sob a supervisão da Dr. Dori Borjesson.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)