Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação de proteínas relacionadas ao metabolismo lipídico nas células do cumulus durante a maturação in vivo e in vitro de oócitos bovinos

Processo: 15/26056-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Felipe Perecin
Beneficiário:Letícia Rabello da Silva Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Biotecnologia da reprodução   Metabolismo dos lipídeos   Embrião de animal   Criopreservação animal   Oócitos   Bovinos   In vivo   Técnicas de maturação in vitro de oócitos

Resumo

O desenvolvimento da metodologia de produção in vitro de embriões (PIVE) para maximizar o ganho genético e a produção animal a um custo baixo é um desafio de pesquisa científica há vários anos (Rumpf, 2007). Existem evidências de que os embriões PIV são mais sensíveis à criopreservação do que os produzidos in vivo e de que a criotolerância reduzida está associada ao alto conteúdo lipídico presente no citoplasma desses embriões (Abe et al., 2002; Mucci et al., 2006). Foram encontrados dados que demostram falhas no metabolismo lipídico e mitocondrial em oócitos submetidos à maturação in vitro quando comparado com a maturação in vivo (del Collado et al., 2015), assim como a expressão diferencial de alguns genes. Algumas vias metabólicas alteradas parecem estar estreitamente relacionadas com as que regulam a mobilização de reservas de lipídios intracelulares no oócito maturado (S. M. Downs et al, 2002; C. Holm, 2003). Estudos conduzidos por nosso grupo de pesquisa (dados não publicados) determinaram a expressão gênica de três genes relacionados com metabolismo lipídico - PLIN2, SREBP1 e FABP3 - nas células do cumulus de oócitos bovinos imaturos e maturados in vitro e in vivo. Os resultados demonstraram níveis elevados de transcritos destes genes após o processo de MIV. Desta maneira, esse projeto visa quantificar as proteínas provenientes desses genes nas células do cumulus ao longo da maturação oocitária in vivo e in vitro, sendo esperado uma maior quantidade destas proteínas no processo in vitro. Com este projeto serão elucidados aspectos ainda desconhecidos sobre as diferenças no metabolismo lipídico nas células do cumulus durante os processos de maturação in vivo e in vitro.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DEL COLLADO, MAITE; DA SILVEIRA, JULIANO COELHO; SANGALLI, JULIANO RODRIGUES; ANDRADE, GABRIELLA MAMEDE; DA SILVA SOUSA, LETICIA RABELLO; SILVA, LUCIANO ANDRADE; MEIRELLES, FLAVIO VIEIRA; PERECIN, FELIPE. Fatty Acid Binding Protein 3 And Transzonal Projections Are Involved In Lipid Accumulation During In Vitro Maturation Of Bovine Oocytes. SCIENTIFIC REPORTS, v. 7, JUN 1 2017. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.