Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da privação de sono paradoxal (REM) na infecção por Plasmodium yoelli

Processo: 15/26240-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Daniela Santoro Rosa
Beneficiário:Marcela Luize Barbosa
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Privação de sono   Malária   Sono REM

Resumo

O sono é um fenômeno fisiológico temporário que se alterna com o estado de vigília e é necessário para a sobrevivência do organismo, visando funções como processamento da memória e plasticidade cerebral. Sendo o sono também um importante regulador da resposta imunológica, a privação de sono paradoxal (ou sono REM) pode causar redução da imunidade, modificando vários componentes do sistema imune e, consequentemente, aumentando a susceptibilidade a infecções. A resposta imune também interfere nos padrões de sono, tratando-se, portanto, de uma via bidirecional.Diversas infecções alteram o padrão de sono, geralmente prolongando a duração do sono de ondas lentas (não REM) e, consequentemente, diminuindo o sono REM. Alguns estudos demonstraram que infecções parasitárias como malária, filariose e tripanossomíase podem alterar o padrão de sono pela modulação da resposta imune. Por outro lado, pouco se sabe sobre o efeito da privação de sono na infecção e na resposta imune induzida.A malária é uma infecção causada por protozoários do gênero Plasmodium e é transmitida pela picada de fêmeas de mosquitos do gênero Anopheles. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a malária é responsável por mais de 600.000 mortes anualmente. O fato de existirem espécies de Plasmodium capazes de infectar diferentes hospedeiros intermediários (camundongos, primatas) permite aprimorar o entendimento da resposta imune durante a infecção.Diante do exposto, o presente projeto tem por objetivo avaliar os efeitos da privação de sono paradoxal (REM) em camundongos infectados por Plasmodium yoelli. Para tal, camundongos C57BL/6 serão infectados experimentalmente e privados de sono em diferentes momentos para análise da parasitemia, sobrevivência e resposta imune inata e adaptativa.