Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção recorrente para obtenção de famílias de feijoeiro comum tolerantes ao déficit hídrico

Processo: 15/09737-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Alisson Fernando Chiorato
Beneficiário:Tamires Ribeiro
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal   Feijoeiro   Phaseolus vulgaris   Escassez de água   Metabólitos   Hibridização genética

Resumo

Este projeto terá por objetivo avaliar os metabólitos produzidos pelas plantas em condições de déficit hídrico, identificar famílias de feijoeiro tolerantes à seca por meio de seleção recorrente e estimar o ganho após dois ciclos de seleção. Assim, dez genótipos previamente selecionados quanto à tolerância a seca e caracteres agronômicos de interesse (Gen TS 3-1, Gen TS 3-2, Gen TS 3-3, Gen Gen TS 4-7, FAP-F3-2, IAC H96A31-P2-1-1-1-1, IAC Imperador e IAPAR 81, Carioca Precoce e IAC Carioca ETÉ) serão avaliados quanto a produção de metabólitos, condutância estomática, temperatura foliar e caracteres agronômicos. O experimento será delineado em blocos casualizados, com parcelas subdivididas, com três repetições, em casa de vegetação. As parcelas constarão de dois tratamentos hídricos: irrigado e déficit hídrico, sendo o déficit aplicado a partir do estádio R5 (Pré-floração) e as subparcelas serão constituídas pelos genótipos e pelas testemunhas SEA-5 e IAC Apuã. A população base para início da seleção recorrente será desenvolvida por meio do intercruzamento entre os dez genótipos mencionados acima, sendo as populações avaliadas em casa de vegetação quanto à condutância estomática, temperatura foliar e caracteres agronômicos, em condição irrigada e de déficit hídrico, também em delineamento experimental de blocos casualizados, com parcelas subdivididas, com três repetições (Ciclo C-0). Ao dispor das populações selecionadas, será iniciado o ciclo C-I da seleção recorrente por meio do intercruzamento entre os mesmos. Posteriormente, a geração F2 obtida neste ciclo, será cultivada e selecionada em condições de campo mediante as características de tolerância à seca, produtividade, porte e resistência a doenças de ocorrência natural em campo. As famílias F2:3 selecionadas serão colhidas e avaliadas em condições de casa de vegetação sob irrigação e déficit hídrico, como descrito para o ciclo C-0. Após dois ciclos de seleção, C-0 e C-I, serão estimados os ganhos obtidos com a seleção e identificadas às famílias superiores quanto à tolerância à seca. (AU)