Busca avançada
Ano de início
Entree

Apocinina: um antioxidante ou inibidor de NAD(P)H oxidase em células vasculares?

Processo: 16/01476-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Cristina Antoniali Silva
Beneficiário:Bruno Henrique da Silva Homem Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão   Espécies de oxigênio reativas   Ratos endogâmicos SHR   Antioxidantes   Aorta

Resumo

Espécies reativas de oxigênio (ERO) desempenham papéis importantes na patogênese de alterações cardiovasculares, como a hipertensão arterial. As isoenzimas NAD(P)H oxidases são fonte de ERO no organismo, e o aumento da atividade destas enzimas tem sido associado a hipertensão. O desenvolvimento de inibidores de NAD(P)H oxidase e drogas antioxidantes é recomendado para o tratamento da hipertensão arterial. Neste projeto propomos comparar o efeito de dois compostos químicos distintos e em fase de estudo, o ácido protocatecuico e ácido elágico que apresentam efeitos antioxidantes e de inibição da NAD(P)H oxidase, respectivamente, com o efeito da apocinina. Serão comparados os efeitos vasodilatadores dos compostos, o efeito sobre a contração vascular induzida pelo agonista ±-1 adrenérgico por experimentos de reatividade vascular. A capacidade antioxidante dos compostos, a capacidade de redução do dano oxidativo medido pela peroxidação lipídica e redução de geração de ERO pela NAD(P)H oxidase, serão avaliadas pelos métodos FRAP, TBARS e quimioluminescência da lucigenina, respectivamente. Os resultados obtidos serão comparados entre os compostos empregando o teste estatístico mais adequado para comparação (ANOVA ou t de Student) e as diferenças serão consideradas significativas quando p<0,05.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.