Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos subcelulares da sinalização de Ca2+ no controle da proliferação da célula-tronco hematopoética por interleucina-3 e pelo fator estimulador de colônias de granulócitos/macrófago

Processo: 15/24464-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 11 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Edgar Julian Paredes-Gamero
Beneficiário:Marina Mastelaro de Rezende
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/23787-4 - Sinalização Wnt e de cálcio em células hematopoiéticas tronco normais e leucêmicas, BE.EP.DR
Assunto(s):Hematopoese   Citocinas   Células-tronco   Sinalização   Cálcio

Resumo

A hematopoese é o processo de produção das células dos sistemas linfático e hematopoético a partir de precursores que apresentam capacidades de multipotência e autorrenovação - as células tronco hematopoéticas (CTH). Para que a manutenção e produção da progênie madura ocorram de maneira adequada, há diversos mecanismos de regulação da proliferação e diferenciação das CTHs, sendo a maior parte deles, controlados por citocinas. Apesar da diversidade de citocinas e receptores, parece haver uma ubíqua participação da via de sinalização do íon cálcio (Ca2+) nos processos induzidos pela ação de citocinas nas CTHs. O Ca2+ intracelular é o mais versátil segundo mensageiro, participando de diversos processos celulares como proliferação, diferenciação, morte celular, contração, secreção, e até fecundação e aprendizado. Nosso grupo tem demonstrado que CTHs estimuladas com citocinas (IL-3, GM-CSF, G-CSF, M-CSF, SCF, IL-6, IL-7) apresentam pequenas e oscilatórias variações na concentração do Ca2+ citosólico, as quais parecem estar relacionadas aos processos de proliferação e diferenciação celular. Não se sabe exatamente como a sinalização de Ca2+ ativada pelas citocinas modulam a hematopoese; contudo há indícios de que o tempo, a intensidade e a localização do sinal do Ca2+ interferem em vias intracelulares que regulam a hematopoese. Em certas patologias, como as leucemias, os mecanismos celulares de controle dos processos de proliferação e diferenciação (relacionados com a sinalização de Ca2+) podem estar alterados. Neste projeto propomos investigar os sinais de Ca2+ gerados por citocinas (IL-3 e GM-CSF) em termos de tempo, intensidade e localização nas CTHs e relacionar o sinal de Ca2+ gerado com proteínas e vias intracelulares sensíveis ao Ca2+ em células tronco hematopoéticas normais e leucêmicas. Este estudo proverá um maior entendimento dos mecanismos de regulação da CTH e sua relação com a alteração em cânceres hematológicos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.