Busca avançada
Ano de início
Entree

Do big data ao mapa prospectivo de rotas tecnológicas

Processo: 16/03812-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Antonio Carlos de Oliveira Barroso
Beneficiário:Antonio Carlos de Oliveira Barroso
Empresa:Inova Serviços de Digitalização e Preparação de Documentos Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:15/15812-6 - Do Big Data ao mapa prospectivo de rotas tecnológicas, AP.PIPE
Assunto(s):Gestão da inovação   Tecnologia   Big data

Resumo

Para o desenvolvimento do projeto o pesquisador realizará as seguintes atividades nas etapas: I - Planejamento: a) concepção da estrutura conceitual do projeto para alinhar e definir as interfaces entre as ferramentas já disponíveis, as necessidades dos usuários, os objetivos do projeto e os módulos de software a serem desenvolvidos; b) elaboração de plano para testar a viabilidade de obter os resultados pretendidos antes da plataforma (objeto final do projeto estar pronta). Ou seja, como substituir as funcionalidades dos módulos faltantes, através de desk research do time, de forma a poder testar preliminarmente o desempenho da plataforma em 2 casos significativos; c) revisão conceitual do planejamento do projeto. II - Execução/desenvolvimento: a) especificação das tarefas técnicas mais importantes; b) desenvolvimento detalhado da estratégia de busca em bases de dados, descrevendo: a determinação do correto espaço de busca; definir o plano de amostragem do espaço de busca com base em metas de revocação (recal) e precisão (precision) para garantir resultados práticos confiáveis; definição de diretrizes e parâmetros de julgamento; c) coordenar a prova de conceito do sistema; d) gerenciar tecnicamente a execução dos casos testes de viabilidade; e) operar um software desenvolvido em parceria com um ex-aluno e que faz conciliação de extratos de bases de dados científicas para geração de dados para análise de meta-redes de autores, artigos, instituições etc.; f) idem para o caso de software (rastreador inteligente) que varre a internet e capta páginas e textos montando bases de dados complementares; g) eventualmente fazer processamento semântico de abstracts e textos; h) interação com empresas para montagem e testes dos casos significativos. (AU)