Busca avançada
Ano de início
Entree

A técnica estendida enquanto matéria-prima da criação musical

Processo: 16/01610-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Silvio Ferraz Mello Filho
Beneficiário:Guilherme Ribeiro da Cunha
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Música contemporânea   Composição musical   Criação artística   Violoncelo   Piano

Resumo

Apenas em meados do século XX a prática instrumental exploratória, cada vez mais presente no domínio composicional do ocidente, ganhou um nome específico: técnica estendida. Trata-se, grosso modo, da investigação de maneiras incomuns e especulativas do uso de instrumentos musicais e da voz com o intuito de se obter novas sonoridades. O surgimento do nome vem do fato de as novas técnicas aparecerem nas obras musicais não mais como meros recursos expressivos, mas como fator importante da estruturação e do material da composição musical. Neste projeto, buscar-se-á analisar e compreender a funcionalidade da técnica estendida contemporânea nas obras musicais do repertório recente (séculos XX e XXI), bem como investigar a relação dessas técnicas com os processos criativos de compositores contemporâneos. Como primeira etapa de um projeto mais amplo de pesquisa, o foco aqui será a presença das técnicas estendidas na escrita do compositor alemão Helmut Lachenmann. Será também, como parte integrante do trabalho, composta uma peça (duo) para violoncelo e piano com o intuito de demonstrar e pôr em prática o estudo proposto neste projeto.