Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da dieta de Potamotrygon falkneri e Potamotrygon amandae (Myliobatiformes, Potamotrygonidae) em área de ocorrência não natural, no Alto Rio Paraná, SP

Processo: 15/21936-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros de Águas Interiores
Pesquisador responsável:Igor Paiva Ramos
Beneficiário:Cibele Diogo Pagliarini
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Nicho   Dieta

Resumo

As raias da família Potamotrygonidae formam um grupo monofilético pertencente à ordem Myliobatiformes que representa um importante grupo da ictiofauna Neotropical, distribuída estritamente em ambientes dulcícolas da América do Sul. Contudo, apesar de sua ampla distribuição geográfica, o estabelecimento de representantes da família Potamotrygonidae na região do alto rio Paraná, somente foi possível, após a inundação do Salto de Sete Quedas. Assim, o conhecimento da dieta e grau de especialização na utilização de recursos alimentares das espécies deste grupo, são de fundamental importância para o entendimento da dispersão destes animais pela bacia. Desta forma, o objetivo da presente proposta é caracterizar e comparar a dieta de duas espécies de raias, Potamotrygon falkneri e Potamotrygon amandae (Myliobatiformes, Potamotrygonidae) e avaliar a amplitude de nicho destas, em área de ocorrência não natural no alto rio Paraná. Os animais estão sendo coletados com auxílio de arpão, eutanasiados, mensurados o comprimento e diâmetro do disco e peso total. Após, os estômagos são retirados e fixados em solução de formol 4%. Os conteúdos estomacais estão sendo analisados sob estereomicroscópio e identificados até o menor nível taxonômico possível, sendo considerados como itens alimentares isoladamente. A composição da dieta será expressa por meio do índice de importância alimentar (IAi), utilizando-se dados de massa padronizado para os itens isoladamente. Também serão realizadas comparações entre as dietas de ambas as espécies por meio da análise PERMANOVA. Posteriormente, havendo diferenças entre as dietas, será empregada a análise SIMPER, para verificar quais os itens responsáveis pela diferença na composição da dieta entre as espécies e a porcentagem de contribuição para a diferença observada. Para avaliar a amplitude de nicho será empregado o índice de Levin's para ambas as espécies. Espera-se com estes resultados ampliar o conhecimento sobre a dieta das espécies avaliadas e avaliar o grau de especialização da dieta, que podem contribuir para o entendimento do sucesso na colonização de reservatórios da bacia do alto rio Paraná.