Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos do sistema líquido cristalino acrescido do peptídeo CTT1 associado à terapia fotodinâmica no crescimento tumoral em membrana corioalantóica

Processo: 16/06337-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 31 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Giovana Maria Fioramonti Calixto
Supervisor no Exterior: Maria de Fátima Monginho Baltazar
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Minho (UMinho), Portugal  
Vinculado à bolsa:13/01565-1 - Sistemas precursores de cristais líquidos mucoadesivos para administração bucal de peptídeo antigelatinolítico associados à terapia fotodinâmica no tratamento do câncer bucal, BP.DR
Assunto(s):Terapia fotodinâmica   Peptídeos   Neoplasias   Membrana corioalantoide

Resumo

O câncer, doença caracterizada pelo crescimento desordenado e exacerbado de células, é considerado um problema de saúde pública. Anualmente, mais de 12,5 milhões de pessoas no mundo são diagnosticadas com essa doença, sendo que 7,6 milhões morrem vítimas principalmente de metástase, que é um processo de invasão e espalhamento dessas células para outros órgãos. Uma estratégia para se reduzir a metástase e, assim, controlar o crescimento e o espalhamento dos tumores é a administração de fármacos antiangiogênicos, como o peptídeo CTT1, cuja utilização tem demonstrado ser uma alternativa inovadora e eficaz, uma vez que estudos demonstraram que esse peptídeo diminuiu o crescimento tumoral em ratos. No entanto, o uso clínico deste peptídeo enfrenta muitos desafios, decorrentes principalmente de suas características físico-químicas e baixa biodisponibilidade oral, o que implica na administração pela via parenteral. A utilização dessa via de administração pode resultar em baixa adesão dos pacientes ao tratamento devido à necessidade de repetidas injeções, uma vez que o CTT1 tem reduzida meia vida. Logo, torna-se necessário o desenvolvimento de sistemas de liberação de fármacos clinicamente adequados e seguros para viabilizar a utilização deste peptídeo, como os sistemas líquido-cristalinos (SLC), formados por tensoativos que se auto-organizam na presença de água formando agregados líquido-cristalinos que podem melhorar a permeação dos fármacos, além de controlar sua liberação. Ademais, o SLC pode possibilitar a incorporação do CTT1 concomitante com o fotossensibilizante azul de metileno (AM), permitindo a combinação da terapia fotodinâmica com a terapia peptídica antitumoral, o que pode potencializar o tratamento do câncer. Nesse contexto, esse projeto tem como objetivo avaliar durante o estágio de pesquisa na Universidade do Minho a ação dessa terapia de combinação sobre o crescimento tumoral utilizando um modelo tumoral em membrana corioalantóica (CAM) do embrião de galinha, que possui um sistema imunológico favorável à inserção de linhagens celulares tumorais, podendo se obter um tumor com microvascularização em ambiente praticamente isolado, o que permite um estudo mais controlado da ação do peptídeo CTT1 incorporado em SLC associado ou não à terapia fotodinâmica na angiogênese e crescimento tumoral. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.