Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da modulação hormonal de comportamentos instintivos mediados pela olfação

Processo: 16/03641-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Fabio Papes
Beneficiário:Pedro Henrique Mello Magalhães
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Neurobiologia   Biologia computacional   Órgão vomeronasal   Percepção olfatória   Vasopressinas   Controle hormonal   Análise espacial   Modelos animais

Resumo

Para a maioria dos animais, o Sistema Olfativo é o mais importante sistema sensorial, dotando-os da capacidade de avaliar alimentos, toxinas, potenciais parceiros sexuais e até mesmo predadores no ambiente. Este sistema sensorial desencadeia comportamentos inatos, através da detecção de feromônios e cairomônios. Diversos hormônios são capazes de modular alguns comportamentos instintivos mediados pela olfação, como por exemplo o cuidado parental. No entanto, o mecanismo por trás da ação hormonal sobre tais comportamentos ainda não está esclarecido. Nossos dados preliminares apontam para uma ação direta de certos hormônios sobre a capacidade de detectar odores e consequentemente desencadear comportamentos instintivos. Nosso grupo descobriu a expressão de um receptor do hormônio neuropeptídico vasopressina nos neurônios olfativos do órgão vomeronasal de camundongos. Partindo dessa descoberta, este projeto de Iniciação Científica tem por objetivo contribuir para a elucidação do mecanismo de atuação desse hormônio sobre a olfação. Inicialmente, outros possíveis genes de receptores de vasopressina, além de receptores do hormônio peptídico ocitocina, serão identificados por análise bioinformática, seguido da análise espacial de sua expressão nos órgãos olfativos de camundongos. Genes de receptores candidatos serão futuramente validados do ponto de vista funcional no seu papel sobre a ação dos hormônios correspondentes na detecção de odores e geração de comportamentos instintivos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAKAHARA, THIAGO S.; CAMARGO, ANTONIO P.; MAGALHAES, PEDRO H. M.; SOUZA, MATEUS A. A.; RIBEIRO, PEDRO G.; MARTINS-NETTO, PAULO H.; CARVALHO, VINICIUS M. A.; JOSE, JULIANA; PAPES, FABIO. Peripheral oxytocin injection modulates vomeronasal sensory activity and reduces pup-directed aggression in male mice. SCIENTIFIC REPORTS, v. 10, n. 1 NOV 17 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.