Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem de florestas secundárias frente a mudança climática usando dados taxonômicos, funcionais e filogenéticos

Processo: 16/06981-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 06 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Pedro Henrique Santin Brancalion
Beneficiário:Daniella Maria Schweizer Hidalgo
Supervisor no Exterior: Harald Karl Matthias Bugmann
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Swiss Federal Institute of Technology Zurich, Suíça  
Vinculado à bolsa:12/18944-2 - Aplicação de ecologia filogenética e funcional para entender a montagem de comunidades e desempenho de mudas em plantios de restauração da Mata Atlântica, BP.PD
Assunto(s):Biodiversidade   Conservação   Modelagem

Resumo

Florestas secundarias estão se expandido no mundo inteiro produto de mudanças no uso da terra, abandono de áreas rurais e aumento nas preções de mercado e legais pra que donos de terra reflorestem ou protejam áreas. A aplicação de modelos de dinâmica e desenvolvimento de florestas estão virando muito importantes especialmente de cara a mudança climática. Mais tais modelos tem sido pouco aplicados em florestas tropicais e ainda menos em florestas tropicais secundarias. A presente proposta tem como objetivo aplicar um modelo a nívea da paisagem (LandClim) para fragmentos de floresta secundaria, semidecídua de Mata Atlântica no Estado de São Paulo. O objetivo da presente proposta de pesquisa no exterior e colaborar com o pesquisador Dr. Harald Bugmann quem desenvolveu o modelo LandClim pra conseguir aplicar o modelo. Será a primeira vez que tal modelo será aplicado em florestas tropicais e usando dados de ecologia filogenética e funcional. Resultados do modelo ajudaram acrescentar nosso entendimento das diferentes vias sucessionais que fragmentos florestais podem seguir ao longo do tempo e sob diferentes senários climáticos. Tais fragmentos são de suma importância pra a conservação e provisão de serviços ecossistêmicos .