Busca avançada
Ano de início
Entree

Resistência ao lascamento e tensões residuais de barras de Y-TZP/cerâmica de recobrimento em função do método de processamento dos materiais cerâmicos

Processo: 16/02742-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Paulo Francisco Cesar
Beneficiário:Lidia Luri Arashiro
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Porcelana dentária   Zircônia   Lascamento

Resumo

Os objetivos deste projeto são: avaliar espécimes com as seguintes combinações de materiais/processamentos: a) porcelana feldspática aplicada por meio de técnica tradicional sobre infraestrutura de zircônia; b) porcelana feldspática injetada sobre infraestrutura de zircônia, c) porcelana feldspática usinada em sistema CAD-CAM e cimentada (técnica "rapid layer") sobre infraestrutura de zircônia; d) vitrocerâmica à base de dissilicato de lítio processada por meio de sistema CAD-CAM e unida à infraestrutura de zircônia por meio da sinterização de um vidro na interface (técnica CAD-on) com relação a: (1) Resistência ao lascamento de aresta ("edge chipping") do material de recobrimento aplicado sobre infraestrutura de zircônia por meio do teste de lascamento de aresta; e (2) os níveis de tensão térmica residual mensurados nos materiais de recobrimento, a partir de trincas geradas na superfície dos espécimes por meio de ensaio de fratura por indentação. Barras de duas camadas (bilayers) com dimensões de 25 mm de comprimento por 4 mm de largura e com espessuras de porcelana e infraestrutura combinadas de modo a oferecer a razão de 1 mm serão confeccionadas seguindo as orientações dos fabricantes. O teste de lascamento de aresta será realizado em uma máquina de ensaios universais, utilizando um indentador Vickers acoplado a essa máquina e os dados do teste de lascamento serão apresentados em um gráfico de força critica (Fc), requerida para produzir os fragmentos, em função da distancia (da) entre o indentador e a aresta de interesse. A tensão térmica residual será calculada a partir de indentações feitas na camada de porcelana das barras utilizando um indentador Vickers. (AU)