Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da inibição crônica do receptor de endotelina-1 na nefrotoxicidade induzida pela ciclosporina em animais normotensos e hipertensos

Processo: 15/22809-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernanda Teixeira Borges
Beneficiário:Bianca Castino
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia   Nefrotoxicidade   Lesão renal aguda   Imunossupressores   Células endoteliais   Endotelina-1   Ciclosporinas

Resumo

A ciclosporina-A é um agente imunossupressor amplamente utilizado no controle da rejeição em diversos tipos de transplante, entre eles o renal. Entretanto seu uso está associado a lesão nefrotóxica aguda e crônica. A toxicidade crônica associada a ciclosporina envolve o aumento na resistência de arteríola aferentes e eferentes, diminuição do fluxo sanguíneo renal e filtração glomerular, fibrose instersticial renal e perda do órgão. O aumento na resistência induzida pela ciclosporina está associada a agentes vasoconstritores como angiotensina 2. As duas principais causas de insuficiência renal crônica, que pode evoluir para diálise ou transplante é o diabetes e a hipertensão, o que pode potencializar o efeito nefrotóxico da ciclosporina-A. Os agentes vasoconstritores produzidos no rim incluem a angiotensina 2 e a endotelina-1, produzida pelas células endoteliais glomerulares e tubulares renais. A endotelina-1 está envolvida no desenvolvimento de fibrose. Assim, o objetivo do presente estudo será avaliar o efeito do bloqueio crônico do receptor da endotelina-1 na injúria renal crônica induzida pela ciclosporina-A em animais hipertensos genéticos.