Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade genética, genes de virulência e resistência antimicrobiana de isolados de Salmonella spp. provenientes de abatedouros de frango

Processo: 16/03044-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 02 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Mariza Landgraf
Beneficiário:Daniel Farias Marinho Do Monte
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07914-8 - FoRC - Centro de Pesquisa em Alimentos, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):17/15967-5 - Abordagem de sequenciamento do genoma completo para estudar Salmonella enterica multirresistentes isoladas de abatedouros do Brazil, BE.EP.DR
Assunto(s):Salmonella enterica   Frangos   Virulência   Microbiologia de alimentos

Resumo

A salmonelose é uma zoonose de importância mundial e uma das mais frequentes doenças de origem alimentar. Salmonella spp. estão frequentemente associadas à produção de frangos, uma vez que esses animais são reservatórios desse patógeno. A caracterização de patógenos veiculados por alimentos vem sofrendo alterações, principalmente em estudos epidemiológicos onde são utilizados métodos de tipagem molecular. Essas metodologias têm otimizado a identificação e caracterização de bactérias patogênicas com elevado poder discriminatório. Além disso, esses métodos têm proporcionado o mapeamento de patógenos na cadeia produtiva de alimentos, uma vez que viabilizam a comparação entre isolados e seus ancestrais. A partir da caracterização molecular e do conhecimento da diversidade entre linhagens é possível avaliar o impacto do patógeno na cadeia produtiva e traçar estratégias para erradicá-lo. Dessa forma, é extremamente importante que seja compreendida a diversidade genotípica de isolados de Salmonella para que seja possível traçar ações dentro de um programa de controle de patógenos na cadeia produtiva de aves. Nesse sentido, o presente projeto propõe realizar a caracterização fenotípica e investigar a diversidade genética de sorotipos de Salmonella enterica Enteritidis, Typhimurium e Infantis isolados de frango provenientes de abatedouros das regiões sul e sudeste do Brasil. Este trabalho permitirá gerar informações sobre as principais características fenotípicas e genotípicas, além da diversidade entre as linhagens de Salmonella Enteritidis, Typhimurium e Infantis, assim como caracterizar a disseminação de genes de resistência antimicrobiana e de virulência entre os isolados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Estudo feito no Centro de Pesquisa em Alimentos é premiado 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.