Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de Proteínas Relacionadas à Resistência a Quimioterapia em Células Tumorais Circulantes de Pacientes com Câncer de Cólon Localmente Avançado

Processo: 15/16952-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Ludmilla Thomé Domingos Chinen
Beneficiário:Emne Ali Abdallah
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular   Células neoplásicas circulantes

Resumo

A incidência de câncer colorretal foi de aproximadamente 1,36 milhão de novos casos, causando 694 mil mortes no mundo em 2012. Estudos têm demonstrado que as células tumorais circulantes (CTCs) podem estar envolvidas no processo de metastatização. Desta forma, seu isolamento constitui uma estratégia potencial para o acompanhamento clínico, como método não invasivo. O presente estudo tem como objetivos: 1) Usar a Tecnologia ISETTM (Isolation by Size of Epithelial Tumor Cells) para isolar CTCs do sangue periférico de pacientes com câncer de cólon localmente avançado (estádio III), contar estas CTCs e, assim, correlacionar seus níveis com exames de imagem e sobrevida livre de progressão; 2) Analisar nas CTCs marcadores de resistência a drogas (TYMS, ERCC1, DPD, TIMP-1), de transição epitélio-mesênquima e invasão (MMP-2, MMP-9, TGF-beta), de proliferação (Ki-67) e de dormência (beta-galactosidase) e correlacionar com resposta a terapia e sobrevida livre de progressão; 3) Verificar a expressão de RNAm dos mesmos genes observados por imunocitoquímica nas CTCs e de fatores de transcrição indutores de transição epitélio-mesênquima (TEM) e sua correlação com resposta ao tratamento; 4) Verificar se há relação do seu perfil de expressão gênica das plaquetas, isoladas simultaneamente às CTCs dos pacientes com tumores de cólon com o do tumor de origem (por análise de prontuário e dados da literatura); 5) Identificar os muito bons e muito maus respondedores a tratamento e sequenciar seu RNAm (CTCs e plaquetas) no intuito de identificar novos alvos terapêuticos; 6) Quantificar, simultaneamente às CTCs dos pacientes com tumores de cólon incluídos neste estudo, neutrófilos e linfócitos e ver se há correlação entre as taxas destas células e sobrevidas livre de progressão. Serão analisadas as amostras de 50 pacientes. As amostras serão coletadas antes da cirurgia (baseline), após a cirurgia e antes da quimioterapia adjuvante (1º follow-up), após o fim da quimioterapia adjuvante (2º follow-up) e a cada 6 meses até recorrência da doença. As CTCs serão caracterizadas em todos os momentos por imunocitoquímica com anticorpos específicos para os marcadores acima citados. Todas as reações terão um controle negativo (sangue de indivíduos sadios) e controle positivo (este mesmo sangue, acrescido de células tumorais de cólon mantidas em cultura). Espera-se por meio deste trabalho, compreender melhor os mecanismos de recidiva, metástase e resistência ao tratamento em pacientes com câncer de cólon localmente avançado, por meio da análise da CTCs, de proteínas de resistência e fatores de transcrição indutores de TEM e microêmbolos tumorais circulantes. Espera-se, por meio da análise molecular das plaquetas e pela quantificação de neutrófilos e linfócitos, sermos capazes de identificar novos biomarcadores sanguíneos prognósticos que possam direcionar os clínicos para a melhor escolha terapêutica. Espera-se ainda, apontar novos alvos terapêuticos, por meio da análise de expressão gênica das plaquetas e das CTCs, que possam ser usados no desenvolvimento de novos fármacos. Espera-se, também, conseguir um melhor entendimento da biologia tumoral, além de uma validação, em outra população, de estudos realizados previamente em nosso laboratório com as proteínas TYMS e ERCC1, também relacionadas à resistência a quimioterapia.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ABDALLAH, EMNE A.; BRAUN, ALEXCIA C.; FLORES, BIANCA C. T. C. P.; SENDA, LAIS; URVANEGIA, ANA CLAUDIA; CALSAVARA, VINICIUS; FONSECA DE JESUS, VICTOR HUGO; ARRUDA ALMEIDA, MARIA FERNANDA; BEGNAMI, MARIA DIRLEI; COIMBRA, FELIPE J. F.; DA COSTA JR, WILSON LUIZ; NUNES, DIANA NORONHA; DIASNETO, EMMANUEL; DOMINGOS CHINEN, LUDMILLA T. The Potential Clinical Implications of Circulating Tumor Cells and Circulating Tumor Microemboli in Gastric Cancer. ONCOLOGIST, v. 24, n. 9, p. E854-E863, SEP 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.