Busca avançada
Ano de início
Entree

Atualização da interface operacional do sistema de previsão de qualidade do ar do BRAMS e do SISAM

Processo: 16/04610-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Convênio/Acordo: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)
Pesquisador responsável:Alberto Waingort Setzer
Beneficiário:Valter José Ferreira de Oliveira
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/01389-4 - Sistema brasileiro Fogo-Superfície-Atmosfera (BrFLAS), AP.R
Assunto(s):Sistema de informação geográfica (SIG)   Modelos matemáticos   Qualidade do ar   Saúde ambiental

Resumo

O desenvolvimento do Sistema de Informações Ambientais integrado à Saúde Ambiental (SISAM, http://sisam.cptec.inpe.br/sisam/index.php) foi iniciado em 2008 para integrar o Painel de Informações em Saúde Ambiental (PISA) da Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental (CGVAM) do Ministério da Saúde e o Sistema de Informações Geográficas Aplicadas ao Meio Ambiente (SIGMA) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Enquanto ferramenta de análise de dados ambientais, o SISAM combina o monitoramento via sensoriamento remoto de focos de queimadas, estimativas das emissões de queimadas, emissões urbanas e industriais através de um sistema integrado de modelagem numérica de previsão de qualidade do ar a fim de compor um sistema de informações que auxilie no programa de vigilância de saúde ambiental. Operacionalmente, o SISAM recebe diariamente dados meteorológicos, de emissões de poluentes e de qualidade do ar provenientes dos modelos numéricos PREP-CHEM-SRC (Freitas et al., 2011) e CCATT-BRAMS (Freitas et a., 2009, Longo et al., 2013), operacionais no CPTEC/INPE (http://meioambiente.cptec.inpe.br/). As novas versões destes modelos serão em breve implementadas operacionalmente em substituição às atuais, visando o aumento da resolução espacial para 20 km, bem como incorporar desenvolvimentos recentes nos códigos, conforme descrito em Freitas et al. (2016) e disponível em: *PREP-CHEM-SRC v.1.5: https://svn.cptec.inpe.br/prep-chem-src/tags/PREP-CHEM-SRC-1.5 *BRAMS unificado v.5.2: https://svn.cptec.inpe.br/brams/tags/oper.2016. A atualização do sistema de modelagem numérica na previsão operacional de qualidade do ar necessita da geração da série histórica de reanálises afim de permitir estudos consistentes de impactos das emissões de queimadas, dentre os quais se destacam estudos epidemiológicos na saúde humana. A continuidade do desenvolvimento do SISAM e sua manutenção está no contexto do projeto FAPESP -FCT BrFLAS (Processo No. 2015/01389-4) com a finalidade de gerar informações para o monitoramento da ocorrência de queimadas, suas emissões e impactos na qualidade do ar e saúde pública na América do Sul.Objetivos: As atividades previstas para esta bolsa TT-IV têm como ponto focal a atualização e manutenção da interface do Sistema Operacional de Previsão de Qualidade do Ar do BRAMS e do SISAM, bem como a geração de reanálises consistentes com as novas versões dos modelos PREP-CHEM-SRC e BRAMS, em breve operacionais no CPTEC-INPE, para o período de 15 anos, 2000 à 2015. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.