Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da proteína dissulfeto isomerase na regulação da ativação da NOX1 e sinalizçao do EGFR no câncer

Processo: 16/07004-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 28 de julho de 2016
Vigência (Término): 27 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Lucia Rossetti Lopes
Beneficiário:Simone Marcieli Sartoretto
Supervisor no Exterior: Francis Joseph Miller
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Duke University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/09334-1 - Papel da proteína dissulfeto isomerase (PDI) na ativação do EGFR e regulação da expressão e atividade da NADPH oxidase em células musculares lisas vasculares, BP.PD
Assunto(s):Neoplasias

Resumo

Em condições fisiológicas, a formação de espécies reativas de oxigênio (EROs) é contrabalançada por sistemas de defesa antioxidante endógeno. Quando a produção de EROs excede a capacidade antioxidante celular, o estresse oxidativo pode causar danos à célula. Em condições fisiológicas normais, as EROs derivada da Nox atuam como segundos mensageiros na sinalização celular e modulam os processos, tais como, a expressão gênica, a migração e a proliferação celular e a angiogênese. No entanto, em condições patológicas, como por exemplo, no câncer, a expressão e a atividade da Nox esta aumentada, conduzindo a níveis elevados de EROs e promovendo danos celulares. Porém, os mecanismos envolvidos no aumento das EROs via Nox no câncer ainda não estão bem compreendidos. Trabalhos do nosso grupo mostraram que a PDI pode ter um papel importante no mecanismo regulador do complexo enzimático da NADPH oxidase. Recentemente, mostramos que a expressão da PDI esta aumentada em vasos de ratos hipertensos e outros grupos mostraram que a PDI esta aumentada em outras patologias, tais como, diabetes, doenças neurodegenerativas e câncer. Mas, o papel da PDI na progressão do câncer ainda não esta bem definida. Em dados preliminares do nosso grupo, verificou-se que a superexpressão da PDI causou um aumento na expressão da Nox1 através de um mecanismo que envolve a ativação do receptor do fator de crescimento epidermal (EGFR). Vários estudos têm mostrado o aumento dos níveis de EGFR em tumores e diferentes inibidores do EGFR têm sido utilizados para o tratamento do câncer. Mas, nada se sabe sobre a relação entre a PDI / Nox1 e EGFR no câncer.