Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma análise dos neologismos mais frequentes na tradução da série Harry Potter para o português brasileiro

Processo: 16/03328-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Celso Fernando Rocha
Beneficiário:Tiago Pereira Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Lexicologia   Neologismos lexicais   Tradução

Resumo

Um novo vocábulo surge com a necessidade de representação de uma nova realidade, mesmo que fictícia. Em Harry Potter, série de sete volumes da Literatura Inglesa Contemporânea escrita por J. K. Rowling, diversos vocábulos foram criados devido à necessidade de caracterização, de um modo um tanto irônico e humorístico, de uma nova realidade: o mundo dos bruxos. A tradução de neologismos literários é uma tarefa desafiadora para os tradutores, que, ao decidirem se mantêm determinado neologismo tal como está no texto de partida ou se criam outra palavra que se remeta a ele na língua de chegada, produzem sentidos para representar o universo do texto de partida na língua-alvo. No entanto, dado o caráter interpretativo da tradução, ela nunca escapa da hierarquia de valores culturais do contexto de chegada, sendo, portanto, impossível recuperar integralmente as ideias do autor. Tendo por base esses pressupostos, intenciona-se analisar comparativamente os sentidos produzidos pelos principais vocábulos neológicos do texto de partida da série Harry Potter com aqueles produzidos por seus correspondentes linguísticos em sua versão traduzida para o português brasileiro, bem como verificar se os processos de formação dos neologismos da versão britânica influenciaram de certo modo as escolhas morfológicas da tradutora na criação de novos vocábulos para a língua portuguesa. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRIGUES, Tiago Pereira. Uma análise das criações lexicais mais frequentes na tradução da série Harry Potter para o português brasileiro. 2018. 171 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Letras (Campus de Araraquara)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.