Busca avançada
Ano de início
Entree

A variação sujeito nulo/pronome lexical no português europeu do século XVI ao século XIX: um estudo baseado em corpus

Processo: 16/03848-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Histórica
Pesquisador responsável:Charlotte Marie Chambelland Galves
Beneficiário:Débora de Souza Valencia
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/06078-9 - A língua portuguesa no tempo e no espaço: contato linguístico, gramáticas em competição e mudança paramétrica, AP.TEM
Assunto(s):Língua portuguesa   Pronome   Sujeito

Resumo

Este projeto de iniciação científica tem como objetivo mapear os contextos sintáticos e discursivos em que o sujeito nulo ocorre em oposição ao sujeito pronominal lexical no português europeu entre os séculos XVI e XIX com base em 16 textos do Corpus Histórico do Português Tycho Brahe. O uso do sujeito nulo na história do português europeu é um tópico já pesquisado anteriormente, porém faltam estudos específicos que analisem especificamente os contextos de sua ocorrência. Em pesquisas anteriores, mostrou-se que o uso do sujeito nulo é bastante recorrente no português europeu no período a que este estudo se atém, mas houve uma sensível diminuição na sua ocorrência nos dois últimos séculos analisados (CARPANI 2012). Pretende-se assim neste projeto, observar uma possível mudança nos contextos de uso do sujeito nulo através do tempo.