Busca avançada
Ano de início
Entree

Biomassa microbiana para a alimentação de tilápias

Processo: 15/21216-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Elisa Helena Giglio Ponsano
Beneficiário:Thiago Luís Magnani Grassi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Oxidação lipídica   Efluentes   Biomassa   Alimentação animal   Tilápia

Resumo

Os antioxidantes adicionados à ração de peixes criados em cativeiro para prevenir a rancidez podem também exercer uma ação antioxidante na carne. Os antioxidantes sintéticos são os mais utilizados para essa finalidade, porém, em função da toxicidade que podem apresentar ao consumidor, alguns países vêm revendo a legislação sobre o assunto, o que estimula a busca por fontes alternativas dessas substâncias. Este projeto de pesquisa propõe o uso de biomassas microbianas com potencial antioxidante na alimentação de peixes como forma de aproveitar os resíduos gerados em processos biotecnológicos, diminuindo custos com descarte e evitando danos ambientais. O objetivo do estudo é investigar se o uso de biomassa microbiana exerce efeitos sobre o desempenho e a saúde dos animais e sobre os parâmetros de qualidade da carne. Juvenis de tilápia serão distribuídos em 24 tanques de cultivo interligados por meio de um sistema fechado de recirculação de água e com aeração forçada. O delineamento experimental será totalmente casualizado em esquema fatorial 3 x 3 + 1 (3 tipos de biomassa; 3 níveis de adição; 1 controle positivo), resultando em oito tratamentos, com três repetições. A aplicação dos tratamentos seguirá por 100 dias, com três arraçoamentos diários, ad libitum, e monitoramento semanal dos parâmetros da água. Ao final do experimento, os peixes serão insensibilizados para a coleta de sangue, abatidos, eviscerados e filetados. Os fígados serão recuperados para as avaliações do índice hepatossomático e os filés serão utilizados para a avaliação das características da carne. Os resultados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey com 5% de significância. A superfície de resposta será utilizada para representar a análise de regressão das variáveis avaliadas ao longo do tempo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
THIAGO LUÍS MAGNANI GRASSI; JULIANA SEDLACEK-BASSANI; ELISA HELENA GIGLIO PONSANO. Oxidative stability of tilapia feeds containing Saccharomyces cerevisiae and Spirulina platensis. Ciência Rural, v. 50, n. 1, p. -, 2020. Citações Web of Science: 0.
MAGNANI GRASSI, THIAGO LUIS; OLIVEIRA, DAYSE LICIA; PAIVA, NATALIA MINGUES; PEREIRA DINIZ, JULIANA CAMPOS; BOSCO, ANELISE MARIA; FERREIRA PEREIRA, ARIANA APARECIDA; PINATTI MENEZES, AMANDA REGINA; VALADARES, TAIANA CARVALHO; PARRA PASTOR, ROSEMEIRE CONCEICAO; CIARLINI, PAULO CESAR; GONCALVES, GIOVANI SAMPAIO; VILLARROEL, MORRIS; GIGLIO PONSANO, ELISA HELENA. Microbial biomass as an antioxidant for tilapia feed. AQUACULTURE RESEARCH, v. 49, n. 8, p. 2881-2890, AUG 2018. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GRASSI, Thiago Luís Magnani. Biomassas microbianas na alimentação de tilápias. 2018. 100 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.