Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de microesferas por spray-drying para aplicação em cimentos de fosfato de cálcio

Processo: 16/05177-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Mariana Motisuke
Beneficiário:Lívia Sayuri Fujita
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Fosfatos de cálcio   Spray drying   Cimentos para ossos   Biocerâmicas

Resumo

Recentemente, a busca por materiais que possam ser implantados em cirurgias minimamente invasivas, e que, além disso, estimulem o crescimento de um novo tecido e sejam reabsorvíveis, tem apresentado um aumento significativo. Nesse cenário, o desenvolvimento de materiais injetáveis que possam ser aplicados "in vivo" como por exemplo os cimentos de fosfato de cálcio (CFC), se tornam de suma importância para os estudos de reparo de tecidos calcificados doentes ou danificados. Os CFCs são materiais biocompatíveis, reabsorvíveis, osteocondutores e podem ser injetáveis, porém, o processo de injetabilidade não é simples, visto que estes materiais dão pega com o tempo, podendo levar ao entupimento da agulha e a dificuldade na manutenção da homogeneidade da pasta durante a injeção, o que acarretaria em uma extrusão parcial da pasta. Assim, uma abordagem para otimizar a injetabilidade desses materiais é por meio da utilização de partículas esféricas, e estas são facilmente obtidas através da técnica de spray drying. Portanto, este projeto visa, como principal objetivo, a produção de microesferas de ±-TCP por spray drying seguido por um processo de calcinação, a fim de avaliar a influência da forma dos grânulos nas propriedades do cimento, preocupando-se em melhorar a injetabilidade desse material através de uma técnica que oferece um melhor custo-benefício para o paciente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)