Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação da STAT3 em neurônios SF1 do hipotálamo sobre os efeitos do estradiol na homeostase energética

Processo: 16/00451-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Lucila Leico Kagohara Elias
Beneficiário:Ugo Stocco Aimoli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Hipotálamo   Estradiol   Metabolismo energético

Resumo

A obesidade constitui problema emergente para a saúde pública devido à alta morbidade e mortalidade associadas a esta doença, a qual tem apresentado aumento substancial em sua prevalência. O sistema nervoso central é essencial à regulação da homeostase energética e ao controle da ingestão alimentar e do peso corporal. O hipotálamo, centro de convergência e de integração de sinais relacionados ao estado energético, apresenta diversos núcleos, como o núcleo arqueado (ARC), núcleo paraventricular (PVN), área hipotalâmica lateral (HLA), núcleo ventromedial (VMH) e núcleo dorsomedial (DMH). O VMH constitui importante sítio de regulação do peso corporal e da homeostase energética. Neste núcleo foi descrita a expressão específica do gene NR5A1, que codifica o fator de transcrição SF-1. Dados da literatura evidenciaram a participação crucial de neurônios do VMH que expressam SF-1 no controle da ingestão alimentar e do peso corporal. A leptina, produzido por adipócitos e atuante na inibição da ingestão alimentar e aumento do gasto energético, circulando em níveis proporcionais à adiposidade corporal, apresenta sinalização importante no VMH, regulando o tônus simpático para tecidos periféricos.As ações hipotalâmicas da leptina são mediadas pela STAT3. Hormônios gonadais também associam-se à regulação da ingestão alimentar e do peso corporal. O estradiol (E2) realiza suas ações na homeostase energética mediadas pelo receptor ER±, cuja expressão foi demonstrada no VMH. Dessa forma, o presente projeto visa à investigação do envolvimento da via de sinalização da STAT3 em neurônios SF-1 do VMH na homeostase energética e sua relação com a ação do estradiol. Para tanto, utilizaremos a metodologia CRE-LOX para realização de deleção específica de STAT3 em neurônios SF-1 em fêmeas ovariectomizadas com e sem reposição com estradiol.