Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da privação e restrição de sono na via regulatória da Vitamina D em um modelo animal

Processo: 16/02205-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Monica Levy Andersen
Beneficiário:Daniela Leite de Oliveira
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vitamina D   Ratos   Privação de sono

Resumo

A vitamina D possui um papel importante no metabolismo osteomineral. Sua síntese é regulada pelas enzimas CYP2R1, CYP27B1 e CYP24A1 bem como pelo receptor de vitamina D (VDR), o qual se liga à forma ativa da vitamina D, modulando a expressão de diversos genes. Estudos têm demonstrado uma associação entre o déficit de vitamina D e diversas condições patológicas como infecções e doenças autoimunes, e mais recentemente problemas de sono como a síndrome da apneia obstrutiva do sono e a sonolência. Sabe-se que as moléculas CYP27B1 e VDR estão presentes em diversas regiões do sistema nervoso central, incluindo o hipotálamo, o qual participa ativamente na regulação do ciclo vigília-sono. No entanto, os estudos clínicos até o momento têm apresentado limitações metodológicas que dificultam o entendimento da relação entre o sono e a vitamina D. Assim, o uso de modelos animais de privação ou restrição de sono podem permitir o avanço desta linha de pesquisa, uma vez que os níveis de vitamina D nos roedores possuem similaridade com o ser humano. Portanto, o objetivo deste estudo será avaliar os efeitos da privação e restrição de sono na via de regulação da vitamina D em um modelo animal. Para isso, serão utilizados 70 ratos machos Wistar adultos que serão distribuídos em 7 grupos: privação de sono paradoxal 24, 48, 72 e 96 h, privação de sono total por 6 h e restrição de sono durante 21 dias. Ao final dos protocolos, os animais serão eutanasiados e o sangue e fragmentos de tecidos serão coletados para avaliação bioquímica dos níveis séricos de 25(OH)D, 1-±25(OH)2D, Ca2+, PTH e corticosterona, e da expressão proteica e gênica por meio de Western Blot e qPCR. Esperamos com este estudo observar alterações bioquímicas, proteicas e gênicas na via de regulação da vitamina D frente às condições de perturbação de sono e, desta forma contribuir com os mecanismos envolvidos na relação entre o sono e a vitamina D.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, DANIELA LEITE; HIROTSU, CAMILA; TUFIK, SERGIO; ANDERSEN, MONICA LEVY. The interfaces between vitamin D, sleep and pain. Journal of Endocrinology, v. 234, n. 1, p. R23-R36, JUL 2017. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.