Busca avançada
Ano de início
Entree

Brevicoryne brassicae - Aphelinus asychis como modelo básico para investigações de mecanismos fisiológicos, moleculares e biológicos da resistência ao parasitismo

Processo: 16/03005-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Fernando Luis Cônsoli
Beneficiário:Mariane Possignolo Gomes
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Manejo sustentável   Controle biológico   Interações hospedeiro-parasita   Resposta imune   Resistência estrutural   Mecanismos de defesa   Mecanismos moleculares   Parasitoides   Parasitismo

Resumo

Em todos os organismos vivos que estabelecem interações interespecíficas patológicas desenvolvem mecanismos de defesa contra o agente patológico, seja ele um micro ou um macrorganismo. Apesar do conhecimento das vias de resposta imunológica de insetos a inimigos naturais, são raros os estudos dedicados ao estabelecimento das bases moleculares envolvidas nesse processo, bem como a herdabilidade desses caracteres e o potencial de fixação desses caracteres em populações naturais de insetos que poderiam levar à evolução da resistência de hospedeiros a seus inimigos naturais. Além dos fatores comportamentais, genéticos e fisiológicos ligados à defesa do hospedeiro a seus inimigos naturais, insetos podem apresentar associações com microrganismos mutualistas que conferem a eles menor suscetibilidade/resistência a entomopatógenos e/ou entomófagos. Assim, estabelecer condições para que os mecanismos de defesa a inimigos naturais possam ser identificados e caracterizados e o seu potencial de levar à evolução da resistência do hospedeiro ao inimigo natural, são aspectos fundamentais para garantir o sucesso no uso de técnicas de manejo sustentável de pragas, como o controle biológico com parasitoides. Dessa forma, este projeto apresenta como objetivo verificar a existência de mecanismos envolvidos na resistência de hospedeiros ao ataque de inimigos naturais, investigando a relação entre o hospedeiro Brevicoryne brassicae e o seu parasitoide Aphelinus asychis, analisando o sucesso na defesa de isolinhagens de diferentes populações do hospedeiro ao ataque do parasitoide, bem como a ocorrência de bactérias simbiontes que poderiam estar envolvidas na defesa contra parasitoides. Isolinhagens suscetíveis e tolerantes ao ataque do inimigo natural serão selecionadas para a investigação futura das bases fisiológicas e identificação dos mecanismos moleculares envolvidos na resposta imunológica em questão.