Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos de um programa de ensino individualizado na aquisição de leitura e escrita de alunos com deficiência intelectual

Processo: 15/23136-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Lidia Maria Marson Postalli
Beneficiário:Jessica Harume Dias Muto
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/13749-0 - Avaliação e planejamento de ensino individualizado para aluno com deficiência intelectual, BE.EP.IC
Assunto(s):Psicologia educacional   Deficiência intelectual   Ensino individualizado   Leitura e escrita   Aprendizagem   Programas de ensino médio

Resumo

A aprendizagem de leitura e escrita é considerada indispensável para a sobrevivência em uma sociedade que privilegia o código escrito. Com a inclusão escolar, o aluno com deficiência intelectual tem garantida a matrícula na rede regular de ensino e condições de ensino para aprendizagem dos conteúdos curriculares. Entretanto, o aluno com deficiência intelectual desafia a escola em suas práticas frente a um aluno que demanda uma maneira própria de aprender. Diante desses aspectos, mostra-se importante um ensino de modo sequencial e individualizado para que o processo seja realizado conforme a demanda e ritmo do aluno. O objetivo da presente pesquisa será ampliar a amostra de alunos com deficiência intelectual expostos ao Módulo 1 de ensino individualizado de leitura e escrita, desenvolvido por de Rose e colaboradores, e avaliar os efeitos na aquisição de um repertório inicial de leitura de palavras dissílabas e trissílabas por alunos com deficiência intelectual incluídos em escola regular de ensino. Após a avaliação inicial das habilidades alvo, três participantes (com repertório de leitura igual ou inferior a 50% de acertos na avaliação inicial) serão expostos individualmente a sessões de ensino, intercaladas com sessões de avaliações. O programa prevê o ensino de 51 palavras, ensinadas três a três (distribuídas em 17 passos). Serão medidas de desempenho os índices de acertos, a quantidade de exposição para alcançar o critério de aprendizagem em cada passo e a quantidade de palavras de ensino e de palavras novas lidas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)