Busca avançada
Ano de início
Entree

Medidas de entropia para caracterização de estol dinâmico

Processo: 16/06334-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Estruturas Aeroespaciais
Pesquisador responsável:Rui Marcos Grombone de Vasconcellos
Beneficiário:Antonio Elcio Ferreira Junior
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental São João da Boa Vista. São João da Boa Vista , SP, Brasil
Assunto(s):Aerodinâmica de aeronaves   Aeroelasticidade   Dinâmica das estruturas   Entropia   Categorização   Escoamento   Análise de séries temporais

Resumo

Problemas não lineares em aeroelasticidade têm recebido cada vez mais atenção dos pesquisadores, sendo que uma das razões para isso é o aumento das ferramentas computacionais e de análise não linear disponíveis. Das diversas fontes de não linearidades que comprometem a resposta aeroelástica, a separação do escoamento em superfícies aerodinâmicas, provocado por exposição à altos ângulos de ataque compreende uma das mais importantes. A interação da dinâmica estrutural com os efeitos não lineares de escoamento separado levam ao surgimento de oscilações auto-sustentadas a elevados ângulos de ataque, resultando em um fenômeno conhecido como estol dinâmico, cujos efeitos negativos são de conhecimento da indústria de aeronaves, principalmente de asas rotativas, bem como entre fabricantes de turbinas eólicas. Nesse cenário, oscilações em ciclos limite, quasi-periodicidade e comportamento caótico podem ocorrer. O objetivo deste trabalho de pesquisa é analisar o comportamento aeroelástico não linear a partir de dados experimentais obtidos de um modelo em túnel de vento. Tal modelo aeroelástico corresponde a um aerofólio, montado em uma suspensão elástica que permite os movimentos de torção a altos ângulos de ataque. Os ensaios para coleta de séries temporais já foram realizados, o trabalho de análise proposto utiliza diretamente as séries temporais coletadas nos experimentos para extrair as informações que possibilitem uma indicação do fenômeno não linear associado e que permita caracterizar a presença do efeito estol dinâmico nas séries temporais. Aproveitando os avanços e resultados alcançados pelo grupo de pesquisa em análise de séries temporais via reconstrução do espaço de estados e expoentes de Lyapunov, este trabalho também propõe o uso de medidas de entropia para categorização do comportamento não linear.