Busca avançada
Ano de início
Entree

Investimento reprodutivo e fecundidade na fauna de anomuros de substrato consolidado da ilha vitória e do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos (São Paulo, Brasil)

Processo: 15/18472-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Antonio Leão Castilho
Beneficiário:Giovanna Mielli Galli
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fecundidade   Anomuros   Reprodução

Resumo

O presente estudo irá comparar os padrões reprodutivos dos caranguejos anomúros no sublitoral consolidado do estado de São Paulo. Galatheoidea é representada por indivíduos da família Porcellanidae, caracterizados principalmente pelo abdômen calcificado. Paguroidea são os caranguejos ermitões que usam conchas de gastrópodes, pois possuem abdômen mole. Os objetivos específicos serão identificar diferenças interespecíficas e espaciais na fecundidade, investimento reprodutivo e volume dos ovos destas duas superfamílias, além de investigar a preferência dos ermitões pelos diferentes tipos de conchas. Os fatores ambientais serão amostrados através da sonda multiparâmetros EUREKA. O material biológico será coletado na Laje de Santos e na Ilha Vitória em substrato consolidado em expedições trimestrais através de mergulho autônomo com o equipamento SCUBA e uso de armadilhas que funcionarão como abrigo. Depois de capturados, os animais serão ensacados, transportados até o Núcleo de Estudos em Biologia, Ecologia e Cultivo de Crustáceos e identificados até o menor nível taxonômico possível. Neste projeto usaremos apenas as fêmeas ovígeras (com embriões aderidos aos pléopodos), as mesmas terão seus ovos contados e classificados quanto ao estágio de desenvolvimento embrionário. Após a contagem, 20 ovos aleatórios serão separados e fotografados para a obtenção do volume dos mesmos. Por fim, esses ovos e as fêmeas serão colocados em uma estufa por 48 h a 60 ºC, para a obtenção do peso seco, para que possamos calcular o investimento reprodutivo. Com isto será possível realizarmos comparações do número, volume de ovos entre os taxóns e entre as regiões, bem como verificar se há uma possível perda dos ovos durante o desenvolvimento embrionário. Além disso, serão feitas análises pertinentes para verificar se há preferência entre fêmeas ovígeras e fêmeas não ovígeras com relação ao uso de conchas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, ALEXANDRE RIBEIRO; GALLI, GIOVANNA MIELLI; STANSKI, GILSON; DE BIASI, JULIANA BELTRAMIN; DAVANSO, THIAGO MAIA; COBO, VALTER JOSE; CASTILHO, ANTONIO LEAO. Shell occupation as a limiting factor for Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) in the Marine State Park of Laje de Santos, Brazil. INVERTEBRATE REPRODUCTION & DEVELOPMENT, v. 63, n. 1, p. 1-10, JAN 2 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.