Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão dos genes cry2Aa e cry2Ab de Bacillus thuringiensis T01 328 e avaliação da toxicidade a larvas de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae)

Processo: 16/03108-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Janete Apparecida Desidério
Beneficiário:Marina Cabral Ricoldi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Controle biológico   Controle de vetores   Vírus Zika   Febre de Chikungunya   Dengue   Aedes aegypti   Bacillus thuringiensis

Resumo

A bactéria Bacillus thuringiensis (Bti) apresenta uma atividade tóxica a insetos das ordens de Diptera, Lepidoptera e Coleoptera. O Bti vem sendo empregado no controle da dengue, doença causada por um vírus, que se tornou um dos grandes problemas de saúde pública não somente no Brasil, como também no mundo todo. Especialmente em países de clima tropical, que favorecem a proliferação e o desenvolvimento de seu principal vetor, o díptero Aedes aegypti. Recentemente, no Brasil, o A. aegypti foi identificado como vetor da febre Chikungunya e do Zika virus. O controle dessas doenças é realizado principalmente pelo combate ao seu vetor e, pelo fato do Bti apresentar potencial no controle de insetos de ordem díptera, propõe-se, neste trabalho, estudar as proteínas Cry2Aa e Cry2Ab da linhagem de Bt T01 328 no controle biológico de A. aegypti. Para efeito de comparação com a linhagem de Bti, serão realizados bioensaios com larvas de A. aegypti tanto com o conteúdo total de proteínas extraídas das linhagens de Bt, bem como as proteínas Cry2Aa e Cry2Ab purificadas a partir da expressão heteróloga dos genes em E. coli isolados da linhagem Bt T01 328. Serão realizados bioensaios com estas proteínas contra larvas de A. aegypti com o intuito de se estimar a Cl50 e Cl90. Os resultados obtidos poderão sugerir como alternativa o uso de Bt T01 328 no controle do vetor e contribuir para o manejo de possível surgimento de resistência aos produtos com base em Bti para controle de A. aegypti.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARINA CABRAL RICOLDI; CAMILA SOARES FIGUEIREDO; JANETE APPARECIDA DESIDÉRIO. Toxicity of Cry2 proteins from Bacillus thuringiensis subsp. thuringiensis strain T01-328 against Aedes aegypti (Diptera: Culicidae). Arq. Inst. Biol., v. 85, p. -, 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.