Busca avançada
Ano de início
Entree

Avanços e impasses da participação social no projeto la Herrera à luz da política urbana e habitacional recente, Medellín - Colômbia

Processo: 16/04837-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Zuquim
Beneficiário:Ana Cristina da Silva Morais
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/19959-4 - Avanços e impasses da participação social no projeto la Herrera à luz da política urbana e habitacional recente, Medellín - Colômbia, BE.EP.IC
Assunto(s):Habitação social   Política urbana   Participação social   Colômbia

Resumo

As transformações urbanas ocorridas em Medellín, Colômbia, nos últimos anos configuram um cenário inédito no enfrentamento da precariedade e informalidade urbana, características precípuas dos países periféricos. Esse fato se destaca ainda mais por responder a problemática de forma integral e com a ampla participação da população. Apesar de o quadro urbano contemporâneo latino-americano indicar a necessidade de pesquisas que busquem o intercâmbio de experiências adquiridas no enfrentamento da precariedade e informalidade de suas cidades, existem pouquíssimos estudos sistemáticos que priorizem essa abordagem. O objetivo desta pesquisa é compreender os avanços e impasses referentes à participação social no projeto de intervenção urbana La Herrera, Medellín, Colômbia, implantado na última década como parte do Projeto Urbano Integral da Zona Nororiental (PUI-NOR). Nesse sentido, a pesquisa propõe: a) compreender o tipo de cidade e grau de precariedade em que o projeto foi implantado; b) análise crítica da metodologia de participação social empregada; c) a relação entre essa metodologia e o projeto implantado e d) a relação que se estabelece hoje entre população da área de intervenção e cidade. Esse projeto decorre da pesquisa de número 2014/01328-2, coordenada pela professora Maria de Lourdes Zuquim (FAUUSP), dedicada ao estudo dos aspectos socioeconômicos e físico-urbanísticos de intervenções recentes em assentamentos precários em São Paulo e Medellín e seus reflexos nas transformações territoriais.