Busca avançada
Ano de início
Entree

Trajetória longitudinal da depressão: análise de pensamentos disfuncionais e comportamentos evitativos

Processo: 15/22564-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Ricardo Alberto Moreno
Beneficiário:Adriana Munhoz Carneiro
Instituição-sede: Instituto de Psiquiatria Doutor Antonio Carlos Pacheco e Silva (IPq). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psicometria   Depressão   Psiquiatria   Cognição

Resumo

Introdução: a depressão é um transtorno de humor multifacetado, com significativa prevalência e incidência, de forma que os aspectos cognitivos e comportamentais, no caso entendidos por pensamentos e comportamentos, apresentam uma parcela tão importante quanto ou maior do que a genética. Desse modo, observar sua trajetória dentro do processo depressivo pode ser um importante elemento para facilitar o tratamento e a programação de desfechos clínicos. Justificativa: Estudos longitudinais com a utilização de testes com parâmetros psicométricos adequados podem auxiliar a observar sinais de recaída e calcular probabilidade de reincidência. Objetivo: Assim sendo, o presente estudo visa investigar a evolução dos quadros depressivos ao longo do tratamento farmacológico, observando sua relação com comportamentos evitativos e pensamentos disfuncionais. Método: serão avaliados 50 pacientes diagnosticados com Episódio Depressivo Maior Grave por psiquiatra confirmados pela Entrevista Estruturada para o DSM IV-SCID CV e pontuação na Escala Hamilton de Depressão -HAMD maior que 17. Os pacientes terão idades entre 18 e 59 anos, de ambos os sexos, e serão atendidos no ambulatório do Programa de Transtornos Afetivos (GRUDA) do IPq- HC-FMUSP. Ao longo do tratamento, responderão além da HAMD a Escala de Pensamentos Disfuncionais, a Escala de Evitação Cognitivo Comportamental e a Escala Beck de Depressão. Análise de dados: os resultados coletados pelas escalas ao longo das visitas de seguimento e manutenção do tratamento farmacológico serão comparados, e juntamente, avaliadas as características psicométricas dos instrumentos utilizados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)