Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização de um portfólio tolerante a faltas em um cenário de Smart Grid

Processo: 16/04164-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Pereira da Silva
Beneficiário:Pedro Pablo Vergara Barrios
Supervisor no Exterior: Bo Norregaard Jorgensen
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Southern Denmark (SDU), Dinamarca  
Vinculado à bolsa:15/09136-8 - Otimização de um portfólio tolerante a faltas em um cenário de Smart Grid, BP.DR
Assunto(s):Rede elétrica inteligente

Resumo

O termo Smart Grid refere-se ao uso das tecnologias das telecomunicações, monitoramento e controle para operar em paralelo com o sistema de potência com o objetivo de melhorar a confiabilidade do fornecimento de energia elétrica, minimizando os custos da energia aos consumidores, e facilitando a conexão de novas fontes de geração, especialmente fontes baseadas em energias renováveis. No entanto, o crescimento acelerado de novas plantas eólicas e solares cria novos desafios para manter o balanço de potência na rede. Isto se deve principalmente porque a potência de saída destas fontes de geração baseadas em energias renováveis, como as plantas eólicas e solares, depende de condições meteorológicas as quais não são controláveis. Neste sentido, diferentes soluções têm sido propostas na literatura, incluindo estratégias gestão para deslocar a demanda aos períodos de máxima geração, o uso de sistemas de armazenamento ou sistemas de resposta a demanda.Todas estas soluções melhoram a confiabilidade e robustez da rede, mas incrementam a complexidade de controle da mesma. Portanto, requerem-se novas estratégias de controle e planejamento para operar esta nova rede conhecida como Smart Grid. Considerando isto, o principal objetivo deste projeto de pesquisa é desenvolver uma estratégia de otimização distribuída considerando um portfólio dinâmico de unidades de geração, onde algumas destas unidades podem sair de operação por falhas ou manutenção programada. Apesar que o problema de otimização de portfólios de geração não é novo na literatura de sistemas de potência, este projeto de pesquisa considera um novo e futuro cenário de Smart Grid. Em este cenário de Smart Grid, é considerado que uma grande parte da potência é fornecida por unidades baseadas em energias renováveis, caraterizadas por uma geração imprevisível, e que uma grande parte da demanda é flexível. Portanto, é possível deslocar o consumo temporariamente sem representar um desconforto significativo ao consumidor. Além disso, será realizado um estudo de avaliação da incerteza utilizando a estratégia de otimização a desenvolver. Para isto, serão desenvolvidas simulações Monte-Carlo, com o objetivo de avaliar o impacto da incerteza da geração de energia renovável e da demanda de energia no custo operacional do portfólio. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VERGARA, PEDRO P.; REY, JUAN M.; LOPEZ, JUAN C.; RIDER, MARCOS J.; DA SILVA, LUIZ C. P.; SHAKER, HAMID R.; JORGENSEN, BO N. A Generalized Model for the Optimal Operation of Microgrids in Grid-Connected and Islanded Droop-Based Mode. IEEE TRANSACTIONS ON SMART GRID, v. 10, n. 5, p. 5032-5045, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
VERGARA, PEDRO P.; REY, JUAN M.; SHAKER, HAMID R.; GUERRERO, JOSEP M.; JORGENSEN, BO NORREGAARD; DA SILVA, LUIZ C. P. Distributed Strategy for Optimal Dispatch of Unbalanced Three-Phase Islanded Microgrids. IEEE TRANSACTIONS ON SMART GRID, v. 10, n. 3, p. 3210-3225, MAY 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.