Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de eventos estressores sobre a catalepsia induzida pela administração intraperitoneal de haloperidol em ratos

Processo: 16/05544-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Amanda Ribeiro de Oliveira
Beneficiário:Mariana Demarchi Guarda
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Haloperidol   Catalepsia   Psicobiologia   Estresse psicológico   Ansiedade   Medo   Dopamina   Doença de Parkinson   Modelos animais

Resumo

A catalepsia é um estado caracterizado por graus variados de rigidez muscular e baixa flexibilidade, resultando em imobilidade, no qual o indivíduo não é capaz de alterar posturas impostas externamente. Essa condição pode ser induzida pela administração de haloperidol, um neuroléptico muito utilizado no tratamento da esquizofrenia. Por ser um potente antagonista dos receptores dopaminérgicos do tipo D2, a ação do haloperidol na via nigroestriatal pode causar variados efeitos motores adversos, dentre eles, a catalepsia. O padrão de rigidez muscular da catalepsia induzida por haloperidol, observado por meio de eletromiograma, é muito semelhante com o padrão observado na doença de Parkinson, o que faz dessa condição um bom modelo para se estudar a rigidez parkinsoniana. O Parkinson parece ter muitos de seus sintomas dependentes do estado emocional do paciente, desta forma, é possível que exista alguma relação entre o estado emocional e o estado cataléptico de animais tratados com haloperidol. Conhecendo relatos clínicos de uma influência emocional sobre o aspecto motor em pacientes de Parkinson e tendo em vista a importância da investigação das alterações biológicas envolvidas nos transtornos mentais associados ao estresse, o atual trabalho pretende dar continuidade à avaliação da influência de eventos estressores sobre o estado cataléptico de ratos tratados com haloperidol. Para isso, distintos grupos de animais serão expostos ao teste do labirinto em cruz elevado, ao confinamento no braço aberto do labirinto, ou receberão administração de corticosterona. Para avaliar o estado cataléptico dos animais, serão utilizados testes de catalepsia 15, 30, 45, 60, 75 e 90 min após a administração de haloperidol. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARROCA, NAYARA C. B.; GUARDA, MARIANA D.; DA SILVA, NAIARA T.; COLOMBO, ANA C.; REIMER, ADRIANO E.; BRANDAO, MARCUS L.; DE OLIVEIRA, AMANDA R. Influence of aversive stimulation on haloperidol-induced catalepsy in rats. Behavioural Pharmacology, v. 30, n. 2-3, SI, p. 229-238, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.