Busca avançada
Ano de início
Entree

Taxa de mortalidade de pacientes infectados pelo HIV/AIDS: comparação entre as ERAS antes e depois da terapia antirretroviral potente

Processo: 16/01335-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Lenice Do Rosário de Souza
Beneficiário:Elisa Carmo de Pina
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Infectologia   AIDS   Soropositividade para HIV   Sobrevida   Terapia antirretroviral de alta atividade   Zidovudina   Perfil de saúde   Avaliação clínica   Registros médicos

Resumo

A infecção pelo HIV/aids é uma doença caracterizada por depleção progressiva e grave do sistema imune. O tempo de desenvolvimento da aids, assim como a resposta terapêutica aos diversos esquemas antirretrovirais até hoje desenvolvidos, variam muito entre os pacientes. Vários estudos têm sido realizados ao longo dos anos, referentes à evolução natural da infecção pelo HIV, à sobrevida dos pacientes com e sem TARV, com diferentes esquemas terapêuticos desde o surgimento da primeira droga liberada para uso clínico, a zidovudina. Os objetivos deste estudo serão traçar o perfil dos pacientes infectados pelo HIV/aids atendidos no Serviço de Ambulatórios Especializados de Infectologia "Domingos Alves Meira" (SAEI-DAM) da FMB-UNESP, que evoluíram para a morte, pelas análises clínica, imunológica e virológica, no período de 1985 a 2014; determinar as taxas de mortalidade anuais relacionadas à aids e verificar a sobrevida dos pacientes em relação aos esquemas antirretrovirais utilizados. Para tanto, serão analisados 228 prontuários médicos.