Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de agentes remineralizadores na longevidade da união resina/dentina afetada por cárie: resistência da união e nanoinfiltração

Processo: 15/24927-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Regina Maria Puppin Rontani
Beneficiário:Kelly Maria Silva Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Remineralização

Resumo

O objetivo deste estudo será determinar a longevidade da união Resina/Dentina Afetada por Cárie (DAC) após tratamento remineralizador de NaF a 0,2%, CPP-ACP ou CurodontTM Repair e sistema adesivo AdperTM Single Bond 2, por meio da resistência da união à microtração e nanoinfiltração, após 24h, 6 e 18 meses de estocagem em Simulated Body Fluid (SBF), com simulação de pressão pulpar. A amostra consistirá de 165 terceiros molares livres de cárie e a produção de DAC será por método biológico. Os dentes serão aleatoriamente distribuídos em 5 grupos (n=8) de acordo com o tratamento da superfície dentinária: G1: Dentina hígida; G2: DAC; G3: DAC + NaF a 0,2%; G4: DAC + CPP-ACP; G5: DAC + CurodontTM Repair. Em sequência, a dentina será submetida à união com AdperTM Single Bond 2 e bloco de resina composta FiltekTM Z350 (H4mm/altura) será confeccionado sobre a mesma. Os conjuntos dente/restauração serão distribuídos aleatoriamente conforme o tempo de armazenamento no SBF à 37°C, com simulação de pressão pulpar. Após 24h, 6 e 18 meses, esses conjuntos serão seccionados em forma de palito (área médiaH1,0 mm2) para microtração e no sentido longitudinal (2 fatias centrais/dente) para nanoinfiltação. Os espécimes serão submetidos à microtração e nanoinfiltração. Os padrões de fratura e interface da união serão analisados em Microscopia Eletrônica de Varredura. Os dados da resistência à microtração serão submetidos aos testes ANOVA fatorial e Tukey e os dados obtidos na avaliação do padrão de fratura ao teste Kruskal-Wallis (±=5%). Análise descritiva será realizada para nanoinfiltação e formação/degradação da camada híbrida.