Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo quantitativo e subjetivo da qualidade da imagem em mamografia digital

Processo: 15/07267-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Alessandra Tomal
Beneficiário:Mariana Yuamoto
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Física médica   Neoplasias mamárias   Mamografia   Imagem digital   Qualidade   Análise quantitativa   Diagnóstico clínico

Resumo

O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente entre as mulheres, sendo o maior responsável pela mortalidade nesta população. A mamografia é atualmente a técnica mais utilizada para a detecção precoce do câncer de mama. Atualmente, recentes avanços no desenvolvimento de sistemas de imagens digitais têm possibilitado uma melhoria na sensibilidade do exame. Um dos grandes desafios dos exames mamográficos é produzir uma imagem de alta qualidade, para permitir a visualização de alterações com menores dimensões, garantindo o diagnóstico precoce. O estudo quantitativo deste problema baseia-se na determinação do contraste da imagem, da resolução espacial e do ruído na imagem. Por outro lado, a qualidade da imagem pode ser avaliada também de forma qualitativa definindo limiares de detectabilidade para objetos simuladores que incluem diversos detalhes contrastantes. Neste projeto, pretende-se avaliar de forma quantitativa e qualitativa a qualidade de imagens mamográficas adquiridas para simuladores de mama. Este estudo será realizado para diferentes técnicas de aquisição das imagens (kVp e mAs) e combinações anodo/filtro e, também, para diferentes tipos e espessuras de objetos simuladores de mama. Por conseguinte, pretende-se correlacionar os resultados quantitativos e qualitativos de qualidade da imagem para definir limiares de detectabilidade em mamografia, bem como determinar as condições de otimização da qualidade da imagem.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: