Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das redes cerebrais de conectividade funcional através da análise de teoria de grafos e avaliação da ansiedade e depressão em pacientes com epilepsia generalizada idiopática controlados e refratários ao tratamento medicamentoso

Processo: 16/03307-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 15 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Clarissa Lin Yasuda
Beneficiário:Danielle dos Santos Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07559-3 - Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia - BRAINN, AP.CEPID
Assunto(s):Neurologia   Epilepsia generalizada   Depressão   Ansiedade   Conectividade cerebral   Imagem por ressonância magnética funcional   Teoria dos grafos

Resumo

A epilepsia é uma doença neurológica decorrente de um conjunto de disfunções cerebrais. As epilepsias generalizadas idiopáticas (EGI) são um grupo de síndromes genéticas associadas à idade caracterizadas por perfil clínico típico e padrões anormais no eletroencefalograma (EGG). Os pacientes com EGI geralmente apresentam exame de ressonância magnética (RM) normal, entretanto, alterações estruturais e funcionais vêm sendo descritas em vários estudos. A maioria destes pacientes apresentam uma boa responsividade (60-70%) ás drogas antiepilépticas (DAEs) porém os refratários ainda representam uma parcela significativa. Em geral, não há distinção entre pacientes com crises controladas ou não ao tratamento medicamentoso em estudos com EGI. Ademais, as comorbidades psiquiátricas tais como depressão e ansiedade não foram amplamente exploradas nestes pacientes. Portanto, os objetivos principais deste trabalho são avaliar os pacientes com EGI e verificar possíveis biomarcadores que eventualmente poderão auxiliar num tratamento mais individualizado, levando em conta alterações de humor, ansiedade e as redes funcionais cerebrais. Todos os pacientes serão selecionados no ambulatório de Neurologia do HC/Campinas - Unicamp, de acordo com os critérios de inclusão/exclusão estabelecidos. Três grupos de estudo serão avaliados (respondedores, refratários e controles saudáveis). Estes grupos serão submetidos ao exame de RM funcional do tipo "Resting State" (RS-fMRI) e responderão ao Inventário de Depressão de Beck (BDI) e ao Inventário de Ansiedade de Beck (BAI). Será aplicado "Graph theoretical network analysis" (Análise de network por Teoria de grafos) para realizar a investigação de propriedades topológicas das redes cerebrais. Os dados obtidos serão tabulados, analisados e correlacionados com os dados clínicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARCIA, DANIELLE DOS SANTOS; POLYDORO, MARINA SCONZO; MACHADO ALVIM, MARINA KUTSODONTIS; ISHIKAWA, AKARI; VASQUES MOREIRA, JOSE CARLOS; NOGUEIRA, MATEUS HENRIQUE; ZANAO, TAMIRES ARAUJO; DE CAMPOS, BRUNNO MACHADO; GOMES GARCIA BETTING, LUIZ EDUARDO; CENDES, FERNANDO; YASUDA, CLARISSA L. Anxiety and depression symptoms disrupt resting state connectivity in patients with genetic generalized epilepsies. Epilepsia, v. 60, n. 4, p. 679-688, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.