Busca avançada
Ano de início
Entree

Estimativa da duração do período de molhamento foliar e influência sobre sistema de alerta fitossanitário para a ferrugem asiática da soja

Processo: 16/06764-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de agosto de 2016
Vigência (Término): 09 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:Paulo Cesar Sentelhas
Beneficiário:Gustavo Castilho Beruski
Supervisor no Exterior: Mark Lawrence Gleason
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Iowa State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/05677-1 - Sistemas de alerta fitossanitário para o manejo racional da ferrugem asiática da soja: desenvolvimento e aplicação nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso, BP.DR
Assunto(s):Phakopsora pachyrhizi   Glycine max   Sistemas de alerta

Resumo

A ferrugem asiática causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi provoca danos significativos em lavouras de soja no Brasil, bem como em muitos países. A doença é controlada por meio de fungicidas pulverizados sequencialmente seguindo um calendário fixo de aplicação. Este método considera apenas aspectos relacionados à cultura, desconsiderando a influência das condições meteorológicas no progresso da doença. A relação entre o clima local e o progresso de doenças pode ser representada por modelos matemáticos, os quais são incorporados a sistemas de alerta, com o intuito de indicar o momento correto e mais efetivo de se efetuar pulverizações para o controle de doenças. Uma limitação na implementação generalizada de sistemas de alerta para a ferrugem da soja é que a duração do período de molhamento (DPM), uma variável meteorológica chave para prever o risco da ferrugem asiática da soja, raramente é medida por estações meteorológicas. Uma via alternativa para tornar dados de DPM disponíveis é estimá-los fazendo uso de modelos de estimativa de natureza física ou empírica. Um modelo empírico simples é aquele que considera que há molhamento quando valores de umidade relativa do ar (UR) encontram-se acima de determinado limiar (NHUR). Em contraste a simplicidade do modelo NHUR, faz-se necessário sua calibração para cada localidade, melhorando sua performance e reduzindo erros de estimativa. O objetivo do projeto será avaliar a viabilidade do uso de valores estimados de DPM, usando a umidade relativa do ar, como variável de entrada de um sistema de alerta fitossanitário para a ferrugem asiática da soja. Os dados experimentais que serão utilizados foram obtidos em experimentos de campo conduzidos em Ponta Grossa, PR, Campo Verde e Pedra Preta, MT, durante as safras agrícolas de 2014-15 e 2015-16. Em todas as áreas experimentais instalou-se uma estação meteorológica automática (EMA). A EMA foi equipada com sensores para registrar as variáveis: temperatura do ar, umidade relativa do ar, precipitação e DPM. Todos os sensores foram previamente testados e calibrados em condições laboratoriais e, também, a campo. A DPM será estimada usando o Modelo de Umidade Relativa com diferentes limiares, este modelo considera que está ocorrendo molhamento foliar caso os valores de UR estejam acima de um determinado limiar (80, 85, 90 e 95 %). Os valores estimados de DPM serão aplicados ao sistema de alerta fitossanitário para a ferrugem asiática da soja, proposto por Reis et al. (2004) para obtenção de valores diários de probabilidade de infecção estimada, e serão determinados os números de pulverizações requeridas empregando os valores estimados de DPM. Os resultados esperados do presente projeto será definir o melhor limiar de UR para estimativa da DPM em diferentes estados do Brasil, e, portanto utilizar os valores estimados de DPM na determinação do número de pulverizações para controle da ferrugem asiática da soja de modo a minimizar erros gerados pelo sistema de alerta.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BERUSKI, GUSTAVO CASTILHO; GLEASON, MARK LAWRENCE; SENTELHAS, PAULO CESAR; PEREIRA, ANDRE BELMONT. Leaf wetness duration estimation and its influence on a soybean rust warning system. AUSTRALASIAN PLANT PATHOLOGY, v. 48, n. 4, p. 395-408, JUL 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.