Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão de citocinas pró e anti-inflamatórias e receptor de TSH no tecido adiposo subcutâneo e periepididimal de ratos Wistar submetidos à dieta de cafeteria: efeito do tratamento com hormônio tireoidiano

Processo: 16/05393-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Tereza Nunes
Beneficiário:Gabriela de Souza Viana
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05629-4 - Ações genômicas vs não genômicas dos hormônios tiroidianos: mudanças de paradigmas, implicações fisiológicas e perspectivas terapêuticas, AP.TEM
Assunto(s):Obesidade   Tecido adiposo   Hormônios tireóideos   Citocinas   Dieta de cafeteria   Modelos animais

Resumo

A prevalência de obesidade e sobrepeso tem aumentado em países em desenvolvimento e no Brasil atinge números alarmantes. Compreender como se dá esse processo e buscar alternativas para limitação dos danos causados pelas doenças a ela associadas, como DM 2, hipertensão e dislipidemias, são de extrema importância para a saúde pública. Na obesidade tem-se um aumento na camada lamelar do tecido adiposo (TA) subcutâneo e visceral, desencadeando um processo inflamatório com o aumento da expressão de citocinas e desenvolvimento de resistência periférica à insulina (RI). O padrão de distribuição do TA tem sido considerado mais importante para a determinação do grau de obesidade, do que a porcentagem de gordura corporal total. Nesse contexto, é necessário o estudo dos diversos tipos de TA, pois eles apresentam características distintas, com diferentes padrões na sua capacidade lipogênica, produção e processamento hormonal. O hormônio tireoidiano (HT) atua no metabolismo lipídico e glicídico, e tem o TA como um importante alvo. Além disso, estudos demostraram que o TSH atua em células adiposas 3T3-L1 aumentando a expressão de IL-6 e TNF-alfa, citocinas que estão relacionadas à RI observada em quadros de obesidade. Sendo assim, é objetivo deste estudo investigar os efeitos do HT sobre a expressão de citocinas pró e anti-inflamatórias, e do receptor de TSH, no TA subcutâneo e periepididimal de ratos obesos (indução por dieta de cafeteria).