Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in situ de um dentifrício contendo silicato de cálcio, fosfato e flúor na prevenção do desgaste erosivo e abrasivo

Processo: 15/23911-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Daniela Rios Honório
Beneficiário:Isabela Maníglia Mesquita
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Cariologia   Dentifrícios   Cremes dentais   Erosão dentária   Abrasão dentária

Resumo

Nas últimas décadas podemos observar uma prevalência crescente de erosão dentária e com isso alguns produtos estão sendo lançados no mercado visando o tratamento dessa condição. Entre eles, podemos citar o dentifrício com adição de silicato de cálcio, fosfato e flúor que promete a recuperação da composição mineral do dente com 1 semana de uso consecutivo. No entanto, não existem pesquisas que avaliem o desgaste que pode ocorrer frente aos desafios erosivos quando associados a abrasão. Por isso, o presente estudo tem por objetivo avaliar in situ a eficácia da aplicação desse dentifrício na prevenção do desgaste erosivo, considerando os episódios de erosão e/ou abrasão do esmalte. Utilizando um protocolo in situ, após a confecção dos blocos de esmalte de dentes bovinos, será realizada a dureza de superfície para seleção dos espécimes e a análise do perfil inicial. Por conseguinte, os espécimes serão distribuídos em dispositivos intrabucais para serem utilizados por 12 participantes convidados previamente selecionados. Os grupos em estudo serão: GI- erosão e uso do dentifrício com silicato de cálcio (REGENERATE Enamel Science"); GII- erosão + abrasão e uso do dentifrício com silicato de cálcio (REGENERATE Enamel Science"); GIII- erosão e uso do dentifrício elmex® EROSION PROTECTION; GIVerosão+ abrasão e uso do dentifrício elmex® EROSION PROTECTION; GV- erosão e uso do dentifrício Colgate Máxima Proteção Anticáries; GVI- erosão + abrasão e uso do dentifrício Colgate Máxima Proteção Anticáries; GVII - erosão sem aplicação de dentifrício; GIX- erosão + abrasão sem aplicação de dentifrício. O estudo será conduzido em 4 fases cruzadas de 7 dias com uma pausa de 7 dias entre as fases. Em ambas as fases o voluntário aplicará o dentifrício em estudo nos espécimes duas vezes ao dia (manhã e noite) e nos grupos da abrasão a escovação será realizada, para todos os grupos a seguir se realizará a imersão do aparelho em bebida ácida 4 vezes ao dia por 5 minutos. Os resultados serão avaliados por análise perfilométrica (inicial e após ciclagem erosiva), por meio da sobreposição gráfica e submetidos à análise estatística apropriada, considerando os fatores estudados. O nível de significância adotado em todos os testes será de 5%.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.