Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e estudo da reação tecidual de um novo biomaterial composto de látex Hancornia speciosa Gomes e nanopartículas de prata

Processo: 16/06399-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica de Processos e Sistemas
Pesquisador responsável:Angela Mitie Otta Kinoshita
Beneficiário:Jéssica Mariana Bonete
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Desenvolvimento de novos materiais   Nanopartículas de prata   Látex   Reação tecidual   Cicatrização   Ferimentos e lesões   Ratos Wistar   Microscopia

Resumo

A primeira barreira de proteção do corpo humano é a pele, um órgão que está exposto as mais variáveis formas de agressão que são capazes de alterar a estrutura tecidual, podendo formar feridas consequentemente interferindo em sua funcionalidade. Na fase aguda da cicatrização de feridas, quando ocorre alguma complicação, por exemplo corpos estranhos e infecções, traumas, diabetes e doenças vasculares pode acontecer um retardamento neste processo, dificultando a reparação tecidual ocasionando um quadro crônico. Sendo assim, o desenvolvimento de curativos funcionais que possam acelerar o processo de cicatrização, aliando as ações intrínsecas dos componentes, nesse caso, atividade angiogênica do látex natural extraído da Harconia speciosa e atividade antimicrobiana de nanopartículas de prata (AgNP), é de grande importância para área médica, trazendo, futuramente, benefícios à sociedade. Para este estudo serão utilizados 18 ratos Wistar que serão submetidos a procedimentos cirúrgicos onde será implantado no subcutâneo no dorso dos ratos três biomateriais composto de látex de H. speciosa associado a nanopartículas de prata, nas concentrações de 0,05%, 0,5% e 0 (sem nanopartículas). Após períodos de 3, 7 e 21 dias, 6 animais de cada grupo serão submetidos à eutanásia. As áreas dos implantes serão coletadas com margem de 5 mm de pele para realização de análises microscópicas. Serão avaliados o grau de reação inflamatória local, e presença de tecido de granulação, neovascularização. Os scores obtidos para a resposta tecidual dos 3 grupos serão comparados pelo teste não paramétrico Kruskal Wallis e serão considerados estatisticamente diferentes quando p<0.05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JÉSSICA M. BONETE; GUILHERME D. SILVA; ÉDER J. GUIDELLI; PABLO J. GONÇALVES; LUCIANE M. ALMEIDA; OSWALDO BAFFA; ANGELA KINOSHITA. Tissue reaction and anti-biofilm action of new biomaterial composed of latex from Hancornia speciosa Gomes and silver nanoparticles. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 92, n. 4, p. -, 2020.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.