Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da variação do número de cópias do gene C4 na susceptibilidade ao lúpus eritematoso sistêmico

Processo: 16/10306-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 02 de agosto de 2016
Vigência (Término): 21 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Aguinaldo Luiz Simões
Beneficiário:Fernanda Bueno Barbosa
Supervisor no Exterior: Bernardo Lemos Ferreira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Harvard University, Cambridge, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/17062-9 - Análise de CNVs em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico, BP.DR
Assunto(s):Autoimunidade   Lúpus eritematoso sistêmico   Variações do número de cópias de DNA   Miscigenação

Resumo

Abordagens moleculares têm sido aplicadas na compreensão do papel da variação genômica estrutural no lúpus eritematoso sistêmico (LES), uma doença autoimune com forte componente genético. Variações do número de cópias (copy number variation, CNVs), deleções ou duplicações no DNA genômico, geralmente maiores do que 1 kb, podem contribuir para a variabilidade do risco entre os indivíduos na etiologia de doenças complexas. Deleções no componente 4 do sistema complemento (C4) tem sido associadas com a susceptibilidade ao LES em populações europeias e asiáticas. No entanto, poucos estudos têm focado em avaliar as CNVs associadas ao LES em populações miscigenadas, tal como a brasileira. Considerando a heterogeneidade da doença e o fato de que as frequências de alelos de risco podem mudar de acordo com a região geográfica e a ancestralidade, diferentes resultados de associação podem ser obtidos de acordo com a população estudada. O objetivo desta proposta é a realização de um estudo de caso-controle para investigar a associação da CNV no gene C4 ao LES na população brasileira. O número de cópias do gene C4 será determinado por PCR quantitativa (qPCR) pelo sistema TaqMan em 140 pacientes com LES não relacionados e 160 indivíduos saudáveis. A replicação independente da genotipagem do número de cópias do gene C4 será realizada por PCR digital (ddPCR). Devido a heterogeneidade da doença, o modelo de regressão logística para avaliar a associação do número de cópias no gene C4 com LES será ajustado para o efeito de confundimento decorrentes da estratificação populacional e sexo. Análise in silico será realizada para predizer as possíveis consequências funcionais de modificações no número de cópias do gene C4 no processo de splicing. A abordagem qPCR-ddPCR pode ser uma maneira eficaz para elucidar o impacto da alteração de dosagem no gene C4 na suscetibilidade ao LES. Os resultados desta pesquisa irão contribuir para uma melhor compreensão de como as CNVs podem atuar como potenciais moduladores na etiologia do LES. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBOSA, FERNANDA BUENO; SIMIONI, MILENA; VIEIRA WIEZEL, CLAUDIA EMILIA; TORRES, FABIO ROSSI; MOLCK, MIRIAM COELHO; BONILLA, MELVIN M.; DE ARAUJO, TABIA KAWASAKI; DONADI, EDUARDO ANTONIO; GIL-DA-SILVA-LOPES, VERA LUCIA; LEMOS, BERNARDO; SIMOES, AGUINALDO LUIZ. Copy number variation in the susceptibility to systemic lupus erythematosus. PLoS One, v. 13, n. 11 NOV 28 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.